terça-feira, outubro 28, 2008

Vergonha na marginal da Arrentela: eles querem reescrever a história!


O último número do Boletim Municipal (BM), na página 5, trás, de forma ligeiramente envergonhada, uma notícia sobre a requalificação da frente ribeirinha da zona da Arrentela.

Segundo o BM, sofreu um atraso, pelo que os munícipes só poderão usufruir deste novo espaço no final do ano.

Ora, de acordo com as explicações avançadas, o atraso ficou a dever-se a variados imprevistos, como os trabalhos da ETAR do Seixal e a preparação do terreno para a construção do pontão. Tudo coisas que acontecem normalmente na execução de projectos.

No entanto, é preciso fazer uma retrospectiva histórica desta obra.

A Câmara Municipal do Seixal colocou, em tempos idos, um outdoor onde prometia o inicio da execução da obra no primeiro trimestre de 2006. Uma vez que as últimas eleições autárquicas foram em Outubro de 2005, está-se mesmo a ver qual foi o objectivo do dito outdoor que prometia para breve algo que já deveria estar feito há muitos anos!

No entanto, a obra apenas se iniciou dois anos depois da data prevista. Agora, protelam até ao final do ano a conclusão das obras, ao que se seguirá uma bonita inauguração com direito a participação de banda e primeira página no jornal do regime! E tudo isto, em ano de eleições autárquicas! Se a falta de vergonha pagasse imposto, o executivo comunista da Câmara Municipal do Seixal resolvia, por si, o problema das contas públicas! É que vejamos: ou estes senhores são manifestamente incompetentes e não conseguem prever quando se iniciam as obras que decorrem da sua responsabilidade; ou então estão claramente de má fé!

4 comentários:

Daniel Geraldes disse...

Eu não conheço nenhum executivo comunista de boa fé... se calhar são como as bruxas, eu não acredito nelas, mas que elas existem, existem!!!

Quando fizermos esta proposta em Assembleia Municipal a resposta objectiva vai ser que esta obra ja esta prevista há algum no GOP, mas que devido ao Governo Central ainda não foi possivel concretizar, mais do mesmo....

Anónimo disse...

Olá boa tarde.
Posso colocar algumas questões?
Socorro-me do vosso blog porque sei que existem pessoas que me podem esclarecer, pois as minhas dúvidas prendem-se com alguns itens do Orçamento da CM do Seixal:
1.ª Sabem-me dizer quanto a CMS orçamentou gastar no Edificio Alentejo? E gastou esse dinheiro? Se não o fez para onde foi a verba?
2.ª Quanto é o orçamento para senhas de presença da AM ?
Essa eu respondo 82 mil euros.
Quanto é o valor da senha de prsença? Cerca de 65 euros
Quantos os membros com direito a senha de presença? São 33... então podemos assim com 82mil euros fazer cerca de 40 plenários da Am ou seja quase uma média de mais três reuniões da AM por mês???
Não acham que se trata de sobre-orçamentação? E despeassa de representação?
E as obras da AM sempre foram realizadas?
POr ora é só obrigada

Filipe de Arede Nunes disse...

Caro anónimo,

Os dados que estão neste momento disponiveis dizem respeito ao orçamento de 2008.

No Edificio Alentejo foi prevista uma verba de € 291.497,00, acrescido de mais € 127.361,00 a título de indemnizações relativas ao ar condicionado. Se gastou ou não, não faço ideia. Esses dados creio ainda não estarem disponiveis.

No entanto saliento que a execução orçamental está muito longe de ser de 100%.

Quanto à Assembleia Municipal, confirmo que a verba prevista foi de € 82.000,00. Não faço ideia qual o valor das senhas de presença.

Estavam previstas obram no valor de € 5.125,00. Não faço ideia se foram ou não realizadas.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Anónimo disse...

Dr. Filipe as obras para requalificação orçam em 75 mil euros a acrescentar à verba de manutenção mencionada por vossa excelencia... não estamos a falar de pouca coisa... parece-me gato escondido com o rabo de fora... e como o executivo justifica o orçamento para quase 40 reuniões de AM? Não é estranho?

E os imensos itens gastos em estudos?
E o facto de não conseguirmos encontrar na plataforma base dos ajustes directos qualquer desse tipo de atribuição de verba feito pel CM do Seixal?
E a atribuição de serviços de jardinagem e limpeza a empresas que são constituidas por empregados e ex-empregados da Câmara Municipal do Seixal? E pagamento de cursos na Cooperativa do Laranjeiro, que por acaso é dirigida por membros do PCP?