quinta-feira, outubro 11, 2007

A falta de obra do regime: Frente ribeirinha Arrentela/Seixal.


O executivo comunista da Câmara Municipal do Seixal tem um problema com prazos, como vimos já num post anterior sobre a ponte da Fraternidade que tinha como data para o início da execução o 4.º trimestre de 2006 sendo que as obras estão ainda por começar e estamos já quase no início do 4.º trimestre de 2007 – embora um anónimo tenha feito notar, e bem, que no lugar do 4 esteve antes um 1, logo, neste momento quase 2 anos de atraso relativamente à propaganda inicial.
Desta vez trazemos mais um exemplo do problema que a CMS tem com os prazos, desta feita, no que diz respeito à obra de iniciativa municipal relativa à frente ribeirinha Arrentela-Seixal.
De acordo com o Outdoor, que é possível observar nas imagens, a obra dever-se-ia ter iniciado no 1.º trimestre de 2006 – este ainda não foi rasurado – e completaria a frente ribeirinha do lado da Arrentela/Seixal.
Das imagens conclui-se que, apesar de o local ser frequentado e bastante pela população esta continua por realizar.
A JSD Seixal não aceita esta propaganda feita à custa dos munícipes para promover a falta de trabalho desta maioria. Esta é mais uma das tristes imagens da falta de capacidade de execução dos projectos e dos objectivos, é mais um dos reflexos da facilidade da patranha por parte de uma maioria gasta e sem ideias.
O Seixal não é uma coutada do partido comunista, que cria e destrói a seu belo prazer. A qualidade de vida da população – através do acesso a verdadeiras infra-estruturas da rede viária, do tratamento dos esgotos, da qualificação urbanística, do acesso a equipamentos desportivos – não pode ser segunda prioridade. A qualidade de vida da população de um concelho que tem como principal característica o rio e a sua baia, constrói-se do centro para a periferia e pela dotação deste centro das necessárias valências para que a vida se faça à sua volta e não pela negligência e o abandono como tem acontecido ao longo dos últimos 30 anos de poder autárquico.
Assim sendo, a JSD Seixal exige que a CMS cumpra as suas promessas e que termine sem mais delongas o arranjo da frente ribeirinha da Arrentela/Seixal.

6 comentários:

Anónimo disse...

Nesta imagem gosto particulamente da nova Teresinha.

Anónimo disse...

este regime tem que ir abaixo.

shame on you mr president

Samuel Cruz disse...

Caro Filipe,

Concordo em absoluto com o post. Como aqui a denúncia foi vossa, eperarei que os Vossos Vereadores coloquem a questão na próxima reunião de Câmara, senão fá-lo-ei eu.
Grato,

Anónimo disse...

Senhor samuel pergunte ao senhor Assis, pois essa questão já foi colocada

Filipa Gonçalves disse...

Meus Caros,

Fazer promessas e colocar propaganda das mesmas com o intuito de apresentar imagens na capa do seu boletim municipal sem, posteriormente, concretizar essas obras e infra-estruturas é, de conhecimento geral, a especialidade da CMS. Ninguém aparece melhor (nem mais vezes) ao lado destes outdoors do que o Sr. Alfredo Monteiro. É pratica corrente no nosso concelho este tipo de comportamento.
É necessário chamar a atenção dos nosso vereadores para esta situação. É imperativo que não se volte repetir e com certeza serão apresentadas moções no intuito de exigir esclarecimentos ao executivo da CMS.

Cumprimentos,
Filipa Gonçalves

pedro disse...

em vez dos srs do PS andarem preocupados com os outdoors da JSD, se se preocupassem com estes faziam muito melhor figura......