sábado, maio 30, 2009

Vamos colocar-vos a dormir

a iniciativa até é gira, mas se eu amanhã quiser ir estudar para a biblioteca municipal não posso porque está fechada. Talvez a minha única solução é ir mesmo para lá dormir. Só espero que não contem as crianças as atrocidades que o PCP tem feito no Seixal para estas não terem pesadelos, é que ainda são bastante novas para sofrerem um desgosto.

Democratizar o Erasmus


sexta-feira, maio 29, 2009

JSD na Europa

quinta-feira, maio 28, 2009

VENCER A CRISE! PROPOSTAS PARA O FUTURO

DISTRITAL DE SETÚBAL DA JSD PROMOVEU CONFERÊNCIA COM ALEXANDRE RELVAS
“VENCER A CRISE! PROPOSTAS PARA O FUTURO”


A Comissão Política Distrital de Setúbal da Juventude Social-Democrata promoveu na passada Sexta Feira, dia 22 de Maio, uma conferência na sede da JSD Barreiro subordinada ao tema “VENCER A CRISE! PROPOSTAS PARA O FUTURO”.

AGIR HOJE PARA PREPARAR O AMANHÃ

Alexandre Relvas, presidente do Instituto Sá Carneiro e vice-presidente da Logoplaste, foi o orador convidado da sessão, tendo proporcionado aos presentes uma interessante oportunidade para debater a crise, as suas origens e como pode a sociedade agir hoje para preparar o amanhã.
A consciência de que não há um caminho único foi bastante vincada, tendo o orador criticado algumas das medidas do Executivo, nomeadamente algumas nacionalizações anunciadas, assim como o excessivo peso que o Estado continua a ter na economia nacional, enviesando-a e dificultando o seu dinamismo, competitividade e inovação.

A EDUCAÇÃO E A QUALIFICAÇÃO SÃO PROBLEMAS ESTRUTURAIS DO PAÍS

Socorrendo-se das estatísticas, que colocam Portugal muito atrás dos seus pares europeus em matéria de frequência e conclusão dos vários graus de ensino (básico, secundário e superior), Alexandre Relvas admitiu que muito precisa ser feito para assegurar que Portugal conseguirá acompanhar a Europa quando a retoma surgir. Aqui, onde o Estado deverá ter um papel, Alexandre Relvas considera que é relevante não promover facilitismos nem falsas expectativas.

O MITO DO CAMINHO ÚNICO - O TEMA DAS OBRAS PÚBLICAS

A exemplo do que tem sido defendido pelo PSD, Alexandre Relvas mostrou-se muito crítico em relação às grandes Obras Públicas como motor de desenvolvimento do País. A aposta na dinamização do sector privado e o “não enviesamento da economia” são os melhores auxílios que podem ser dados às empresas já que, segundo afirma, “o capitalismo tem sempre demonstrado, e vai voltar a demonstrar, que tem mecanismos de regeneração para regressar ao crescimento e à prosperidade”.

Entre a audiência estiveram presentes membros do PSD Barreiro e do PSD Almada, bem como diversos militantes e simpatizantes sociais-democratas dos concelhos de Almada, Seixal e Montijo .

Pela Comissão Política Distrital
Tiago Miguel Alves

quarta-feira, maio 27, 2009

Paio Pires, o renascer da Aldeia

A Aldeia de Paio Pires, tem, no últimos anos, andado adormecida pelas politicas do PCP, a politica do “deixa andar”. Digo isto porque, fazendo uma retrospectiva temporal desta vila, verificamos a mesma não tem evoluído, tem sim expandido em número de habitantes (constante aposta dos actuais responsáveis pelo pelouro autárquico), mas não se tem desenvolvido.


Vejamos, os actuais acessos à freguesia, são praticamente os mesmos, o desemprego tem aumentado (grande parte da população são ex-trabalhadores da Siderurgia Nacional), o comércio tem diminuído, a cultura não existe praticamente e a segurança também tem sofrido bastante.


Uma das “grandes” bandeiras do PCP para as próximas eleições é o projecto de requalificação dos terrenos da Siderurgia Nacional. Dizem os actuais detentores do pelouro que “..A reconversão dos 370 hectares da Siderurgia Nacional, em Paio Pires, irá dar um passo significativo de Ordenamento Urbano e Paisagístico, a concretizar…”.


Passaremos então a desmistificar este projecto. A actual zona onde ainda se encontra a laborar a Siderurgia Nacional/Lusosider é uma zona industrial, fortemente contaminada pelos impactos ambientais outrora cometidos, industria esta que foi uma referência metalúrgica em Portugal, no distrito e concelho (imagem esta recordada pelos ex-trabalhadores que ainda se encontrão sem qualquer apoio), mas que foi quase abandonada, fruto de factores económicos adversos e da falta de apoios do governo e câmara municipal (através da não promoção de incentivos fiscais para aumentar a competividade).


A actual proposta camarária promove, e à imagem do que tem feito nos últimos anos no concelho, mais urbanismo de habitação e serviços em detrimento da requalificação e reabilitação da industria no concelho. Portanto…Mais casas…quanto às acessibilidades ainda vamos ver o que acontece….a alternativa à EN10 com inicio em Corroios e que foi umas das promessas da actual autarquia ainda está para se fazer….


Assim, temos imediatamente duas situações. Primeiro: qual será a qualidade de vida das pessoas que habitarão ao “lado” da Siderurgia. Será que a poluição sonora e atmosférica, não irá incomodar estes residentes? E as as crianças dessa zona, será que poderão usufruir de zonas verdes? Segundo: Como disse o actual presidente da CMS, e passo a citar “..Temos de defender a indústria em Portugal.” ..Bom, assim não me parece, pois os promotores imobiliários irão utilizar a estratégia de venda daquelas casas que a industria irá brevemente sair dali…não estaremos a pressionar como este projecto o fecho da Siderurgia e consequente desemprego dos actuais funcionários? (actualmente isto acontece em outras autarquias do País, como por exemplo, em Matosinhos e na zona da actual Refinaria da Petrogal).


É tempo de dizer, basta. Existem alternativas e várias soluções. Temos de renascer a Aldeia de Paio Pires. Temos de promover a requalificação da Siderurgia, para esta se torne mais competitiva e ambientalmente mais segura. Temos de mobilizar os esforços para melhorar as condições de segurança da freguesia. Temos de apostar no planeamento urbanístico, para que se criem primeiro as alternativas viárias e depois se construam as habitações. Temos de apostar na cultura, de dar vida “a sério” ao espaço do actual cinema São Vicente.


Temos de apostar nas alternativas, porque elas existem, basta acreditar, basta votar.

segunda-feira, maio 25, 2009

Pelo Interesse Nacional, Assina Por Baixo!

Os candidatos do PSD ao Parlamento Europeu assinaram, no dia 6 de Maio, um Contrato Europeu com os portugueses onde se comprometem a cumprir dez objectivos essenciais que constam do programa do PSD para a Europa.

Agora é a tua vez de assinar este compromisso para a Europa. Manifesta o seu apoio e exerce o teu direito de exigir o cumprimento do Programa Europeu do PSD pela equipa que agora se apresenta a votos para o Parlamento Europeu. Apelamos a que todos os portugueses assinem subscrevam as propostas do PSD de forma a dar legitimidade e credibilidade a este projecto.

Aceita este convite e este desafio: Pelo Interesse Nacional, assina por baixo!

"Podemos legitimamente pensar que o destino futuro da humanidade está nas mãos só daqueles que souberem dar às gerações vindouras razões para viver e de esperar"

Gaudium et Spes (1965).



Post Retirado do Blog da JSD Distrital de Setúbal

sexta-feira, maio 22, 2009

Sondagem

Europeias: PSD a apenas 2,2% do PS, revela sondagem
22 de Maio de 2009, 11:49

O PSD aproximou-se do PS e está agora a apenas 2,2 por cento, segundo uma última sondagem que mede as intenções de voto para as eleições europeias. Tendo em conta a margem de erro do estudo de opinião realizado pela Eurosondagem, exist um empate técnico entre os dois partidos.

A sondagem foi efectuada para a Rádio Renascença, Expresso e SIC e o PS baixa para os 34,3 por cento, enquanto o PSD sobe para os 32,1 por cento.

O Bloco de Esquerda tem 10,1%, a CDU (8,9%) e o CDS-PP (6,9%).

Ver mais aqui

JSD Setúbal Organiza HOJE


quarta-feira, maio 20, 2009

Seixal, que futuro?

Antes de mais, convêm desfazer a ambiguidade, o Seixal a que me refiro é a freguesia, não que a mesma pergunta não possa ser aplicada ao concelho de uma forma genérica, mas irei aqui focar o Seixal – Freguesia, mais especificamente o núcleo urbano antigo.


Já foi falado anteriormente, não sendo portanto novidade para ninguém, a Câmara Municipal do Seixal (CMS) vai ter um novo edifício, com toda a pompa foi anunciado que os serviços serão agrupados todos num mesmo local. A ideia na sua génese não esta errada, no entanto, como tantas outras vindas da CMS, carece de uma adaptação à realidade local e como tal torna-se inadequada, senão veja-se:


O núcleo urbano antigo concentrou durante muitos anos os principais serviços da administração local, mas também, entre outros, o Tribunal, os Registos, a Conservatória e o Serviço de Finanças. Ao recuar mais uns anos, também no núcleo antigo havia o terminal fluvial da ligação Seixal – Lisboa; Aos poucos estes serviços começaram a ser deslocalizados, movidos para zonas periféricas que em nada contribuem para o desenvolvimento do Seixal. Os seus funcionários e utentes deixaram de ser o motor que fazia o comércio local subsistir, mais grave que isso, para alem de compactuar com a situação e ainda a incentivar com o abandono dos seus próprios serviços, não existe por parte da CDU um plano exequível capaz de mitigar a irresponsabilidade que é este investimento na desertificação do Seixal.


O comércio local no Seixal, em adição à crise económica mundial, tem também que contar com o estrangulamento potenciado pela CDU, uma vez que esta não soube dar uma resposta responsável e criar alternativas para a sucessiva saída dos serviços sediados no núcleo urbano antigo do Seixal – Parabéns CDU pelas respostas à crise!


O Futuro…


Contrastando com a falência de ideias que é hoje a CDU, apresentando-se numa apatia colossal apenas interrompida com a construção de rotundas um pouco por todo o concelho, o PSD Seixal tem vindo a apresentar projectos capazes de dotar o Seixal de mecanismos que irão certamente inverter a desastrosa gestão da CDU para a zona. Projectos reais e exequíveis, caracterizados por um forte sentido social mas com uma visão focada no desenvolvimento e afirmação do Seixal na região:


Projectos como a criação de um Centro de Empreendedorismo e Formação, que para além de ser uma forte ferramenta para fazer face à crise económica, na medida que permite a criação do emprego próprio e obtenção de qualificações, é também uma forma de trazer para o seixal, um imenso capital humano e projectos que irá certamente revitalizar toda a freguesia e dar hipóteses ao comercio local de se revigorar e dinamizar, pois seria capaz de colmatar o abandono de todos os serviços que a CDU tem incentivado no Seixal.


Também o Apoio ao Arrendamento Jovem para o núcleo urbano antigo será uma forma de mitigar o abandono que o Seixal tem vindo a ser alvo por parte da CDU, irá rejuvenescer uma freguesia que tem hoje a sua média de idades muito elevada, irá ajudar a fixar jovens na freguesia, tendo esta medida uma componente social importante, uma vez que vai ao encontro das dificuldades económicas sentidas por todos os jovens em inicio de vida. Também a nível urbanístico esta medida é importante pois ao ser aplicada potencia a reabilitação de espaços ao invés da massiva construção que se assiste por todo o concelho e que já se provou ser uma má política de gestão urbanística.


Como forma de desenvolvimento turístico, o PSD prevê uma forte aposta na Náutica de Recreio, querendo tornar o Seixal, num ponto de paragem obrigatório para todos os que navegam o Tejo, assim como dotar o Seixal duma pousada de charme, capaz de revitalizar o turismo de qualidade na zona, e trazer para o seixal, um maior número de turistas o que irá seguramente ajudar a revitalizar o comércio local essencialmente em períodos de ferias e fins-de-semana.


Só um projecto integrado, focando o Seixal e com vista a um desenvolvimento sustentado é capaz de fazer o Seixal entrar definitivamente numa nova etapa, com vista a um desenvolvimento sustentado, e capaz de valorizar a região num contexto metropolitano.


“O Seixal merece melhor!”

domingo, maio 17, 2009

sexta-feira, maio 15, 2009

Parece que é desta que vamos ter o Hospital

A Ministra da Saúde, Ana Jorge, veio esta 5ª feira ao Seixal para nos dar a boa nova de que o Hospital do Seixal vai finalmente arrancar. Esta é uma boa notícia para todo o Concelho que vai ficar servido de uma unidade hospitalar desta envergadura. Agora vamos ver se não é por motivos camarários que o Hospital não avança mais cedo.

Vamos ver se o Metro Sul do Tejo, vai passar (por dentro) pelo futuro Hospital?

Vamos ver se se vai respeitar a REN e RAN nos terrenos de construção do Hospital?

Vamos ver quais são as acessibilidades para o mesmo?

Por último, vamos ver se autarquia gere este dossiê( o dossiê do Hospital,não o do show off) de forma competente?

quarta-feira, maio 13, 2009

Comunicado De Imprensa

A Comissão Política Distrital de Setúbal da Juventude Social-Democrata vem por este meio demonstrar a sua preocupação com os recentes eventos decorridos no Bairro da Bela Vista, e descontentamento com a forma com que o Governo da República tem abordado a grave crise social e o consequente aumento da criminalidade no país, sobretudo no distrito de Setúbal.

A JSD de Setúbal considera que o sentimento de insegurança é já uma constante para aqueles que residem ou trabalham no distrito, afectando directa e drasticamente o nível da qualidade de vida de todos. Mais preocupante é o facto de não se perspectivar nenhuma melhoria dada a apatia do governo nesta matéria.

A passividade do Governo, na forma como lida com a escalada de violência, que se tem vindo a assistir é preocupante e demonstra a falência das políticas seguidas; mais, demonstra a falência de ideias exequíveis que possam mitigar este problema.

A actual crise económica mundial tem vindo a vincar os problemas sociais da região, servindo como catalisador de acções criminosas para as quais o governo não tem conseguido ser capaz de dar uma resposta.

Ao nível da administração local, a região carece de uma correcta política urbanística, a qual deveria passar pela inclusão cuidada de lotes de custo controlado em malhas urbanas pré-existentes e desta forma atenuar a exclusão social.

Desta forma, a JSD Distrital de Setúbal vem defender a necessidade de um reforço efectivo dos meios de segurança na região e uma aproximação das forças de segurança às reais necessidades das populações. Estas acções deverão ser integradas com uma revisão da legislação em vigor, para que esta se torne mais adequada e capaz de responder aos novos tipos de criminalidade - como por exemplo, a aplicação da proposta recentemente apresentada pela JSD Distrital de Setúbal relativa à redução da idade de inimputabilidade.

É também opinião da JSD Distrital de Setúbal que deverão ser accionados mecanismos de índole temporária de forma a amenizar o efeito que a actual crise económica tem em locais como o Bairro da Bela Vista, já de si socialmente delicados.

Consciente de que estas propostas se fundamentam no exercício de uma cidadania empenhada e participativa, a JSD espera das entidades supra referidas a tomada de medidas com a urgência que a gravidade da situação justifica.

Europa



Joaquim Biancar Cruz, candidato da JSD nas listas do PSD ao Parlamento Europeu, discursou este fim-de-semana no almoço de aniversário do PSD na Exponor. É este o momento da juventude portuguesa estar verdadeiramente representada nas instituições europeias.

Vota no PSD nas proximas eleições europeias no dia 7 de Junho e representa-te na Europa!

segunda-feira, maio 11, 2009

JSD Setúbal


A distrital de Setúbal da JSD lança esta semana a sua nova plataforma digital em www.jsdsetubal.com

Com ligação a um site independente de cada concelho, pretendemos deste modo acompanhar a geração política 2.0 e atribuir às tecnologias digitais uma maior importância na comunicação com os jovens do nosso distrito.

A JSD em Setúbal passará a disponibilizar as informações referentes ao seu trabalho político quer ao nível das 13 secções quer ao nível da comissão e assembleia distritais, bem como o relatório das actividades desenvolvidas.

Este será também o espaço privilegiado para o contacto directo com os jovens do nosso distrito, contando a partir deste mês de Maio como uma ferramenta imprescindível para que os jovens social-democratas possam fazer política no distrito de Setúbal.

Poderão aceder também num futuro próximo aos sites das secções através de www.jsdsetubal.com/(concelho) para os sites de cada secção que estará disponível no final do mês de Maio.

Para mais informações:

sábado, maio 09, 2009

Documento Único

Ontem fui à Conservatória do Registo Civil do Seixal para fazer o Documento Único, que foi uma perfeita desilusão. Às 9h30 já não havia senhas! Incrivel não é? Pior: só dão 28 senhas por dia! Ora, se o nosso concelho tem cerca de 175 000 habitantes onde só 28 podem fazer o Documento ùnico por dia, façam as contas. E mais: fui aconselhada a fazer queixa no Portal do Cidadão e ir a Palmela por haver menos gente e efectivamente quando lá cheguei tinha apenas 4 pessoas à minha frente. E mais: as instações do Seixal são mesmo degradantes. Se não é um concelho do 3º mundo não sei o que é!

sexta-feira, maio 08, 2009

Eu tinha uma grande vergonha na cara!!!

Nojo mesmo, se eu tivesse funções executivas na CM Seixal e não tivesse o minímo respeito pela dignidade humana. A mim estes políticos que gerem a CM Seixal metem-me um enormíssimo nojo, tenho o mais profundo desprezo por quem se atreve a recorrer num processo como este.

Agora devo adiantar que as divergências com a CM Seixal não só políticas, começam também a ser morais. A história vai julgar esta gente como ela deve ser julgada, e acho que era digno, visto que a imoralidade da CM Seixal começa a ultrapassar tudo o que é moralmente aceitável.
A Assembleia Municipal DEVIA pronunciar-se sobre isto e levar a cabo uma votação para saber se a CM Seixal deve ou não pagar a respectiva indemnização, e assim veríamos quem votava a favor desta imoralidade e quem votava contra. Mais dez anos para resolver esta pouca vergonha não é tempo útil para ninguém.


E para que não restem dúvidas, as palavras acima só dizem respeito a Daniel Geraldes.

segunda-feira, maio 04, 2009

Apresentação de candidatos

Foram hoje apresentados os candidatos do PSD aos órgãos autárquicos, no Restaurante "O Pescador", no Seixal, com a presença da comunicação social. A notícia foi, também, publicada aqui.