quarta-feira, maio 20, 2009

Seixal, que futuro?

Antes de mais, convêm desfazer a ambiguidade, o Seixal a que me refiro é a freguesia, não que a mesma pergunta não possa ser aplicada ao concelho de uma forma genérica, mas irei aqui focar o Seixal – Freguesia, mais especificamente o núcleo urbano antigo.


Já foi falado anteriormente, não sendo portanto novidade para ninguém, a Câmara Municipal do Seixal (CMS) vai ter um novo edifício, com toda a pompa foi anunciado que os serviços serão agrupados todos num mesmo local. A ideia na sua génese não esta errada, no entanto, como tantas outras vindas da CMS, carece de uma adaptação à realidade local e como tal torna-se inadequada, senão veja-se:


O núcleo urbano antigo concentrou durante muitos anos os principais serviços da administração local, mas também, entre outros, o Tribunal, os Registos, a Conservatória e o Serviço de Finanças. Ao recuar mais uns anos, também no núcleo antigo havia o terminal fluvial da ligação Seixal – Lisboa; Aos poucos estes serviços começaram a ser deslocalizados, movidos para zonas periféricas que em nada contribuem para o desenvolvimento do Seixal. Os seus funcionários e utentes deixaram de ser o motor que fazia o comércio local subsistir, mais grave que isso, para alem de compactuar com a situação e ainda a incentivar com o abandono dos seus próprios serviços, não existe por parte da CDU um plano exequível capaz de mitigar a irresponsabilidade que é este investimento na desertificação do Seixal.


O comércio local no Seixal, em adição à crise económica mundial, tem também que contar com o estrangulamento potenciado pela CDU, uma vez que esta não soube dar uma resposta responsável e criar alternativas para a sucessiva saída dos serviços sediados no núcleo urbano antigo do Seixal – Parabéns CDU pelas respostas à crise!


O Futuro…


Contrastando com a falência de ideias que é hoje a CDU, apresentando-se numa apatia colossal apenas interrompida com a construção de rotundas um pouco por todo o concelho, o PSD Seixal tem vindo a apresentar projectos capazes de dotar o Seixal de mecanismos que irão certamente inverter a desastrosa gestão da CDU para a zona. Projectos reais e exequíveis, caracterizados por um forte sentido social mas com uma visão focada no desenvolvimento e afirmação do Seixal na região:


Projectos como a criação de um Centro de Empreendedorismo e Formação, que para além de ser uma forte ferramenta para fazer face à crise económica, na medida que permite a criação do emprego próprio e obtenção de qualificações, é também uma forma de trazer para o seixal, um imenso capital humano e projectos que irá certamente revitalizar toda a freguesia e dar hipóteses ao comercio local de se revigorar e dinamizar, pois seria capaz de colmatar o abandono de todos os serviços que a CDU tem incentivado no Seixal.


Também o Apoio ao Arrendamento Jovem para o núcleo urbano antigo será uma forma de mitigar o abandono que o Seixal tem vindo a ser alvo por parte da CDU, irá rejuvenescer uma freguesia que tem hoje a sua média de idades muito elevada, irá ajudar a fixar jovens na freguesia, tendo esta medida uma componente social importante, uma vez que vai ao encontro das dificuldades económicas sentidas por todos os jovens em inicio de vida. Também a nível urbanístico esta medida é importante pois ao ser aplicada potencia a reabilitação de espaços ao invés da massiva construção que se assiste por todo o concelho e que já se provou ser uma má política de gestão urbanística.


Como forma de desenvolvimento turístico, o PSD prevê uma forte aposta na Náutica de Recreio, querendo tornar o Seixal, num ponto de paragem obrigatório para todos os que navegam o Tejo, assim como dotar o Seixal duma pousada de charme, capaz de revitalizar o turismo de qualidade na zona, e trazer para o seixal, um maior número de turistas o que irá seguramente ajudar a revitalizar o comércio local essencialmente em períodos de ferias e fins-de-semana.


Só um projecto integrado, focando o Seixal e com vista a um desenvolvimento sustentado é capaz de fazer o Seixal entrar definitivamente numa nova etapa, com vista a um desenvolvimento sustentado, e capaz de valorizar a região num contexto metropolitano.


“O Seixal merece melhor!”

12 comentários:

Anónimo disse...

É giro o PSD propõem aquilo que o PCP está a fazer... A náutica de recreio, há quanto tempo o PCP está a desenvolver a ideia? O centro de empreendorismo, o Presidente da Câmara já comunicou que vai avançar... Ou seja o PSD não passa de um "deserto" de ideias...

Daniel Geraldes disse...

30 anos para fazer aquilo que prometem... lá para a geração dos meus netos já deve estar feito, mas com 60 anos de atraso.

Mas fico feliz por saber que no PCP são todos uns idiotas, ao menos isso.

Anónimo disse...

O PS/PSD além de levarem do Seixal o Tribunal e as Finanças e de tambem terem tentado acabar com o transporte fluvial no Concelho do Seixal, foram também responsáveis pelo encerramento da Wicander e da Mundet que empregavam milhares de trabalhadores na freguesia do Seixal.

Infelizmente PS/PSD não têm destruido somente o Seixal, têm arrasado o país.

Pina Martins disse...

Pedro,

O Seixal não merece melhor, merece muito melhor.

A cada ano que passada as evidências são maiores, é preciso uma mudança, é preciso novas ideias, é preciso uma nova forma de pensar e de agir, é preciso alguém como tu.

Um abraço

Marco Ribeiro disse...

O PCP nunca soube apoiar a nautica de recreio no seixal, é vergonhoso, uma baia tao bonita e com tanto potencial e nao passa de um deposito de barcos em fim de vida com água impropria para banhos porque o PCP nunca se dignou a deixar de fazer descargas directas dos esgotos.

Daniel Geraldes disse...

Tendo em conta que a CM recentemente não assinou um contrato com o IEFP para a promoção de estagios e emprego no Concelho,devo admitir que o anónimo até tem um certo sentido de humor.

É pena, é estarmos a falar de coisas sérias como o emprego das pessoas.

Ao menos o Pedro Sousa tem propostas reais para o Seixal, não é como o candidato da CDU, que a unica coisa que tem para apresentar aos seus cidadãos é a sua simpatia. Nós na JSD Seixal queremos e fazemos política, não distribuimos (APENAS) simpatia pelas pessoas.

E já agora, gostava de saber a opinião do candidato da CDU sobre os serviços que vão abandonar a sua freguesia por causa de um contrato milionario que a CM Seixal vai ter que pagar.

Pedro vai em frente, que o Seixal precisa URGENTEMENTE de jovens inteligentes e interessados como tu, não de gente simpatica.

Eu quero um Sereia só para mim disse...

Consta que este fim de semana quando for assinado um acordo sobre a Baía do Seixal, o Presidente da CM vai enunciar no seu discurso que a Baía do Seixal, uma baía do poder local democratico e do 25 de Abril, vai ser uma "coisa" tão espectacular que até vai ter direito a sereias, tudo graças à fantastica gestão da CDU.

Já viram o entusiasmo que é.

Eu quero uma Sereia só para mim, abaixo o regime colectivizavel das sereias.

Joana disse...

Acho que sou obrigada a concordar com o Pedro, nos últimos anos o PCP aprendeu a fazer círculos e agora não quer outra coisa, andam a proliferar rotundas um pouco por todo o concelho, algumas delas absolutamente ridículas! Infelizmente não parece ser feito mais nada que não as ditas rotundas.

Anónimo disse...

caro anónimo, se o tudo aquilo que o PCP comunicou existisse hj o Seixal era a capital..gostava que me dissesse aonde é que esta a aposta do PCP na nautica de recreio!

Ana Filipa Esteves disse...

Pior do que todas as promessas por cumprir, sinais de incompetência em cada virar da esquina e afins..., apelar à ingenuidade da população do Seixal parece-me inaceitável. Agora que as eleições se aproximam, a cada 100m encontramos uma rotunda descabida.
Parece-me ser motivo de orgulho para o PCP cultivar o rumor "aproximam-se as eleições, está na hora de mostrarem trabalho - ainda que mal feito".

Bom texto, força Pedro.

pensarseixal disse...

Excelente texto Pedro.

Filipe Farinha disse...

Exige-se dotar o Seixal (e todo o concelho) de elementos que permitam desenvolvimento económico e social sustentado. As propostas avançadas neste texto são algumas das melhores opções para cumprir tais objectivos, para além de responderem, de uma maneira simples directa às necessidades específicas do Seixal enquanto freguesia.