segunda-feira, outubro 06, 2008

É por isto que eu tambem não consigo ser de esquerda

“A esquerda não tem nem uma puta ideia do mundo em que vive”. e quem o diz é o senhor militante do PCP e vencedor do Prémio Nobel Jose Saramago.

10 comentários:

Filipe de Arede Nunes disse...

Compreendo a afirmação de Saramago dentro do contexto em que ele se encontra.

Homem de esquerda, confrontado com a hipotética falência do paradigma de desenvolvimento liberal, Saramago pretendia certamente que a esquerda tivesse um modelo para contrapor ao que existe.

O problema de Saramago, é que a esquerda em que ele acredita já não existe, porque o modelo que escolheu falhou.

Fica pelo menos, a frase encorajadora de quem - discordando conceptualmente das suas ideias - ainda pensa.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Anónimo disse...

Alguém me pode explicar o que é a esquerda e o que é a direita?
Ou melhor:
Quais as diferenças entre uma coisa e outra?
Mas não me deem exemplos de Saramago e Portas, ou de Alfredo Monteiro e Ferreira Torres.
Desde já agradeço.

Daniel Geraldes disse...

Se se identificar eu respondo-lhe a sua pergunta, daquilo que é minha visão de esquerda e direita??

Anónimo disse...

Nos últimos anos Portugal recebeu mais de 50 mil milhões de euros de fundos comunitários, tendo em conta que o nosso país está na difícil situação em que está, qual será a dimensão da incompetência dos governos de PS e PSD que aplicaram vergonhosamente essas verbas?????
E depois vem os incomopetentes do PS e do PSD questionar a competência dos eleitos do PCP

Anónimo disse...

O anónimo por identificar não percebe porque é que o Daniel só dá explicações a quem coloca um qualquer nome num post.
Será que a explicação tem a ver com a cor política do anónimo ou ele saberá mesmo quais são as diferenças?
Haja alguém que explique sem complexos e com alguma cultura política.

Daniel Geraldes disse...

Bem ultimo anónimo, se tambem se identificar tambem lhe explico porque é que estar vivo é o contrario de estar morto. Haja saude.

Anónimo disse...

Se a ignorância tivesse cor, este Geraldes parecer-se-ia com a flamula gay.

Anónimo disse...

Daniel deixa o Filipe escrever

Gabriel de Sá Vilanova disse...

Filipe de Arede Nunes, entendes mesmo tudo ao contrário, e só concordas com gente de esquerda quando te parece que dizem o que te convém...

José Saramago é militante do PCP, isso não te faz pensar a quem se refere quando faz uma crítica à esquerda? Não será ao PS ou ao BE?

Não paraste para pensar que um homem do seu nível não é do estilo de dizer, ou praticas, contradições? José Saramago diz, e bastante lucidamente, que não esperemos que este seja o começo do fim do capitalismo, mas mais uma das expressões do seu falhanço.

E, para que saibas, José Saramago continua a ser comunista. Talvez isto singifique que acredita que este modelo é o mais progressista, o mais moderno e o mais justo nos tempos que correm.

Filipe de Arede Nunes disse...

Caro Gabril de Sá Vilanova,

Deve ser isso. Afinal o PCP não é de esquerda e portanto Saramago refere-se exclusivamente ao PS e ao BE.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes