quinta-feira, maio 08, 2008

PCP apoia a soberania chinesa no Tibete



"O Partido Comunista Português (PCP) afirmou hoje que reconhece a soberania chinesa no Tibete e condenou as acusações internacionais contra a política de Pequim, durante a visita de uma delegação do PCP à China", Fonte do SOL

Acho que todos vimos as imagens que passaram na televisão e os relatos acerca dos recentes conflitos. O facto da China exercer o que as ditaduras comunistas tanto gostam, como é exemplo a censura e a intimidação, desde a proibição do Canal CNN ser transmitido na região chinesa até ao encerramento temporário do site Youtube, faz com que estas acções sejam uma afronta à democracia e à liberdade.
Em suma, é GRAVE quando um partido político que em Portugal tanto apregoa a liberdade, se solidariza com este tipo de acções que em nada respeitam esse ideal.

3 comentários:

Daniel Geraldes disse...

Como já referi no post abaixo, Vergonha, Vergonha, Vergonha destas tendências do regime do estado novo ainda fazerem parte do quotidiano politico português, ainda para mais no PCP, eles que se intitulam o alto grau da tolerância politica nacional.
Vergonha Vergonha Vergonha!!!

Marlene disse...

Assim se comprova a tirania desse partido.

Anónimo disse...

É verdade, é uma vergonha!
mas de certeza que há comunistas que não concordam com esta declaração por parte do comité central do PCP.

Devem é ter medo de pronunciar-se, pois podem receber uma chamada em casa ou para o telemovel, a dizer-lhes para se calarem.
Este género de atitudes de mandar calar é mesmo de Tirania, de comunismo.

Creio que o Daniel concorda comigo (ou não).

Cumprimentos,
-M-