domingo, maio 25, 2008

Opções de outros tempos

Na edição de Fim de Semana, do Jornal Financial Times, vem hoje um artigo bastante interessante, com o 2º político mais importante do século XX a seguir a Winston Churchill, claro está na minha opinião, estamos a falar de Henry Kissinger o ex-secretario de estado de Richard Nixon, porque este senhor representa mais do que um mero papel na história, sendo ele próprio a história, acho que a entrevista dele deve ser lida aqui " Lunch With FT".



Aproveito para quem tiver interesse para mostrar o gráfico e a evolução dos contratos de futuros do Petróleo aqui, e com a vantagem de ser um gráfico live, ou seja, a qualquer hora do dia pode-se ver o preço real do petróleo, ou seja,a sua negociação, e numa tentativa de pseudo analista a minha projecção Fibonacci é que o petróleo atinja os 146 dollars por barril.

2 comentários:

Filipe Farinha disse...

Apesar de fugir (muito) ao tema principal do post, não resisto à tentação de te pedir para explicares a tua opinião relativamente à colocação de W. Churchill no "posto" de político mais influente do último século...(Não que eu discorde de que seja um bom candidato ao lugar...)

Daniel Geraldes disse...

Caro Companheiro Filipe Farinha,

não te consegui responder em tempo util mas aqui vai:

- admiro muito o churchill por todo o trabalho político que fez antes de ser Primeiro Ministro e depois de ser Primeiro Ministro.

- pela sua excelente perspicacia e visão naquilo que deveria ser feito para travar a Alemanha Nazi.

- os seus discursos que permitiram e incentivaram a união da sociedade britânica numa epóca dificil e contra um exercito exterminador como era o exercito Nazi.

- e as excelentes tiradas políticas que nos deixou como legado, como aquela historia que se conta em que um deputado que tinha sido eleito pela primeira vez e chegando-se ao pé do Lord Winston Churchill diz cheio de convicção olhando para a outra bancada: "então ali estão os nossos inimigos, ao que este responde: não, os nossos inimigos estão aqui, ali estão os nossos adversarios.

- o democrata por convicção que era e não por apenas educação.

- e por ultimo, por ter sido o unico que aguentou as investidas nazis e não foi invadido, feito que nem o staline se pode gabar.

Existem mais razões de indole secundarias pelas quais considero este senhor o maior político do século XX, mas estas são as principais.

Cumprimentos!!!