quinta-feira, janeiro 15, 2009

Proposta para combater o desemprego em 2009 no concelho do Seixal

Em Portugal, a taxa de desemprego nos últimos tempos tem continuado a crescer, muito por culpa do encerramento de várias pequenas e médias empresas, não fossem estas o tecido empresarial abundante no nosso país, representando uma percentagem de 70% do mesmo.
Este panorama tem incidido cada vez mais sobre a classe etária mais jovem, criando um novo conceito de jovens licensiados desempregados e colocando Portugal na cauda da Europa relativamente a este assento.
Parece-me que podiamos identificar várias causas para este problema, como os “defeitos” no sistema de ensino, a falta de inovação num tecido empresarial conservador, que leva à fraca competitividade e por consequência ao encerramento de empresas e fim de postos de trabalho ou até aos trabalhos de carácter temporário e a recibos verdes. Mas gostaria de realçar a ausência de espirito empreendedor e os incentivos ao mesmo, que metem Portugal abaixo da média do empreendedorismo jovem da Europa.

Quem cria emprego são as empresas e para tal é preciso empreendedores.


É então necessário desenvolver estratégias que ofereçam segurança aos estudantes universitários, visto que o fantasma do desemprego nunca os deixará de acompanhar durante todo o seu processo académico, bem como é indispensável mostrar aos jovens a importância de um grau académico superior para o seu futuro e para o futuro do país. Devido a esta situação, consideramos que no nosso concelho deveriam ser tomadas determinadas medidas, tais como:
- Implementação de estágios de Verão em empresas do nosso concelho
- Incentivos financeiros às empresas que contratem jovens para os seus quadros de trabalho

- A promoção e o desenvolvimento do empreendedorismo nos jovens:
- Incentivo à cooperação entre empresas e estabelecimentos de ensino e investigação
- Criação de workshops alusivos ao empreendedorismo
- Concurso de jovens empreendedores
- Criação de uma feira de empreendedorismo.


A implementação de estágios de Verão para os jovens do nosso concelho, seria sem dúvida uma mais valia para os estudantes, visto que iriam oferecer a segurança, a motivação e o contacto com a realidade empresarial que falta a muitos jovens durante todo o seu processo académico, incutindo-lhes assim a ambição de frequentar uma universidade e vir a possuir um grau académico superior.
A criação destes estágios será concretizável através de uma parceria entre a Câmara Municipal do Seixal e algumas empresas do concelho, nomeadamente instituições bancárias, que é sabido apostarem frequentemente nestas iniciativas. Esta medida, para além de permitir aos jovens estudantes ter um contacto directo com o mercado de trabalho e com uma realidade que vão ter que enfrentar num futuro próximo, também contribui para o enriquecimento curricular do mesmo, podendo vir a ser preponderante num ingresso futuro no mercado de trabalho.

Os incentivos financeiros às empresas que contratam jovens, tembém deveria ser uma realidade, visto que estas empresas fazem uma aposta clara numa mão-de-obra qualificada, mas que necessita de formação, a qual acarreta custos para essas mesmas empresas. É necessário aliciar, incentivar e premiar financeiramente as empresas que apostem neste tipo de iniciativas, fazendo com que este número aumente cada vez mais de forma a combater uma realidade que tanto nos preocupa. Este conjunto de incentivos poderia ser controlado e realizado através da criação de dados estatísticos anuais relativos à contratação de mão-de-obra jovem e com formação superior por parte das empresas em questão.

A promoção e o desenvolvimento do empreendedorismo nos jovens assume extrema relevância, na medida em que Portugal sempre foi um país de empreendedores, geradores de frutos que foram recolhidos na década de 90, momento de economia próspera, mesmo denominado das “vacas gordas”.
Contudo, este espírito tem-se desvanecendo e só promovendo e incentivando, neste caso específico, os mais jovens, será possível o surgimento futuro de mais e melhores empresas, constituindo assim receitas indispensáveis à saúde financeira do estado do nosso país e criando novos postos de trabalho para os portugueses.
A nível concelhio propomos:
- O incentivo à cooperação entre empresas e estabelecimentos de ensino e investigação, criando verdadeiros “clusters” regionais especializados, envolvendo universidades e os seus núcleos de investigação e as empresas, aliciando o aparecimento de novas empresas que beneficiariam desta cooperação, garantindo uma motivação extra e uma maior competitividade e inovação;
- A criação de workshops relacionados com este tema, rentabilizando por exemplo o Fórum Municipal do Seixal para o desenvolvimento de eventos desta natureza;
- A criação de concursos para jovens empreendedores, em que o júri seria constituido por docentes do concelho com provas dadas na àrea, bem como, empresários seixalenses. Este género de incentivos deveria ser materializado em euros, em que o melhor(es) projecto(s) seria(m) premiado(s) com uma quantia de 5000 euros, facultada pela Câmara Municipal, pois naturalmente os projectos resultam de uma parceria, de um trabalho de equipa enre vários jovens, e esta quantia é a necessária para que a empresa se possa constituir legalmente sobre a forma jurídica de Sociedade por Quotas;
- Aposta numa feira de empreendedorismo, como existe em outros pontos do país, por exemplo no recinto de festas de corroios, explorando da melhor forma a criatividade dos jovens, de forma a sensibilizá-los para a importância desta questão. Numa feira desta natureza, o ideal seria promover as ideias mais sustentadas e credíveis que pudessem surgir, bem como despontar o interesse de algum empresário pela compra desses projectos, corporizando a recompensa e o estímulo ideal para os jovens empreendedores.

8 comentários:

Daniel Geraldes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Geraldes disse...

Mauro com propostas assim, o PSD/JSD são a alternativa.

Daniel Geraldes disse...

E até acrescento mais, o local ideal para se construir um centro de empreendorismo ás empresas seria as antigas Fábricas da Mundet. Isso sim, era uma verdadeira aposta na Freguesia do Seixal, completamente ao contrario do que a CM Seixal e a JF Seixal estão a fazer.

Filipe Farinha disse...

Fomentar o empreendorismo é uma das soluções mais importantes para combater o desemprego no concelho do Seixal, mas também a nível nacional.Enquanto concelho de residência para milhares de estudantes universitários, o Seixal têm na sua população a vontade e as qualificações necessárias. Esta proposta criaria as condições necessárias para que os jovens empreendedores se sentissem apoiados no concelho, com todas as consequências benéficas económicas e sociais que daí resultariam.
Óptima proposta Mauro!

Pina Martins disse...

Um post com um nível muito elevado revelando mais uma vez a força desta estrutura e capacidade desta estrutura e dos seus membros.

Esperemos que muitas destas propostas úteis sejam implementadas na Câmara Municipal do Seixal

Anónimo disse...

Este post é um post com um grande sentido de oportunidade, mas a verdade, verdadinha é que a CDU ideologicamente é contra o empreendedorismo. Duvido que a proposta passe em Assembleia Municipal se a apresentarem.

Pedro S. disse...

Grande post, as propostas são muito válidas, bem elaboradas e assentam numa base muito forte que é a criação de novos empregos num concelho que há muito vive de movimento pendular, ou seja, é um dormitório pois não consegue criar emprego para os seus munícipes, perdendo assim competitividade face a outros concelhos da grande Lisboa.

Resta-me salientar o facto que tem vindo aqui a ser demonstrado, independentemente da temática a ser abordada, a JSD Seixal tem uma equipa competente, capaz de apresentar grandes propostas com vista ao desenvolvimento racional e equilibrado do concelho.

Grande post, Grandes propostas, Grande Equipa! Muito bem!

Anónimo disse...

CDU ideologicamente é contra o empreendedorismo?????? Voces só querem é roubar e enganar as populações! a caminho do fascismo é o q voces querem !... basta ver a situação em q o pais anda! cada vez mais para trás! isto tudo por causa dum bando de cabroes que so querem é dinheiro para voces! e tudo o que for contra apagam, assim como vao fazer a este comentario!