segunda-feira, janeiro 26, 2009

"Muitos crimes na margem Sul são «um mito»"

Saiu a seguinte noticia no Diário Digital (IOL)
"Os autarcas de Barreiro e Seixal consideraram que a elevada criminalidade na Margem Sul é «um mito» e que não é superior ao que acontece na Margem Norte da Área Metropolitana de Lisboa, escreve a Lusa.
No dia em que foi inaugurada a nova Divisão da PSP do Barreiro e poucos dias depois do anúncio que o Seixal vai ter novas instalações para a Divisão do Seixal e para a Esquadra Corroios, ambos defenderem que existe alguma empolação em relação à situação real.
«Existem problemas mas são muito empolados. Do ponto de vista da Península de Setúbal, os números provam isso, que não existe maior índice de criminalidade na região de Setúbal do que na Margem Norte [do Tejo]», disse à Lusa o presidente da Câmara do Barreiro, Carlos Humberto.
O autarca, que também é o presidente da Junta Metropolitana de Lisboa, defendeu que no Barreiro não existe insegurança e que os problemas que existem na região são comuns aos que acontecem nas grandes metrópoles europeias.
«Há uma ou outra região ou zona mais problemática, mas isso são problemas das grandes metrópoles que se têm que ir combatendo. Não penso que existam problemas maiores na Margem Sul do que na Margem Norte», defendeu.
Opinião idêntica tem o autarca da Câmara do Seixal, Alfredo Monteiro, que considera que existe «de certa forma um mito que não corresponde à realidade»."

Sem comentários

5 comentários:

Daniel Geraldes disse...

Estas declarações são uma falta de respeito por todos os municipes, que não precisam de um Boletim Municipal para ver que a insegurança cresceu exponencialmente no nosso Concelho, sinto-me claramente ofendido com esta mentira.

Miguel disse...

POR AMOR DE DEUS!!

Ainda na passada sexta feira, eram 23 horas e assisti a uma perseguição policial , com direito a tiros e tudo ! Carrinha de intervenção, 3 carros policia. American Style. No entanto não era um filme..

Junto ao Supermercado Pingo Doce, junto à Nacional. Será que isto não é Margem sul ?

Pois...se calhar na visão de alguns senhores "Margem Sul" é uma zona pacata,convém é olharem para fora do seu quintal. Quinta da Princesa, Arrentela, Amora..

Nem preciso dizer mais.

Filipe Farinha disse...

Também sou da opinião de que estas afirmações são uma ofensa aos municípes do concelho do Seixal.Grande parte de nós pertence à geração "50 cêntimos", à geração que não podia levar telemóveis, relógios, dinheiro para a escola, sob pena de ficar sem os mesmos.Hoje, os que nos pediam "50 cêntimos" há alguns anos, evoluiram, tal como nós. Hoje, "50 cêntimos" não chegam.É preciso mais.Tal como se vê em qualquer jornal.

A vitimização não é caminho. Enfrentar o problema é a solução. E isso é o que a JSD Seixal tem feito, com as propostas que apresenta. No entanto, não é de admirar que estas sejam rejeitadas dado que, pelos vistos, a criminalidade no nosso concelho é um mito.

Se a criminalidade é um mito, sr. Presidente, porque não ofereceu, na BTL, entradas no bairro da "Jamaica"?Ou estadias na Arrentela?

Anónimo disse...

"Se a criminalidade é um mito, sr. Presidente, porque não ofereceu, na BTL, entradas no bairro da "Jamaica"?Ou estadias na Arrentela?"

Muito bem visto!!!

Anónimo disse...

Estava aqui a especular, e lembrei-me será que o Alfredo Monteiro chamou burro ao Carlos Humberto por este ter sido o traidor que deu com a lingua nos dentes por causa do QREN? É que se formos ver a história do PCP eles andam sempre cheios de traidores e personas non gratas no seu partido. Cá para mim estes andam de costas viradas.