segunda-feira, janeiro 05, 2009

Uma Paragem Vergonhosa

Na Estrada Nacional N10, em Corroios, mais propriamente na Avenida 25 de Abril, em frente à CGD no sentido Laranjeiro-Corroios, o executivo da CM Seixal conseguiu fazer a proeza de não acautelar uma Paragem de Autocarros que existe há cerca de 30 anos. Na imagem abaixo, é onde fica a dita Paragem de Autocarros e onde os utentes dos nossos transportes públicos são obrigados a aguardar a chegada do seu autocarro.

O enorme problema desta paragem de autocarros, que note-se existe há mais de 30 anos, é que os seus utentes são obrigados a subir para o autocarro em cima da Linha do Metro Sul do Tejo, havendo apenas um passeio de 30 cm, que separa o carril da linha do MST da berma da estrada, aonde os autocarros são obrigados a parar para receber os passageiros. Ou seja, na foto abaixo, o local exacto onde o autocarro está parado, é o local exacto onde se faz a descida/ subida de passageiros do mesmo. E como se pode ver na foto, a linha do metro é exactamente contigua ao local onde os passageiros sobem/descem do autocarro. Se no exacto momento, em que os passageiros estão a sair/entrar no autocarro o Metro vai a passar pode-se imaginar o acidente que se dá neste local ficando provavelmente o utente esmagado entre o Metro e o Autocarro, isto num sitio onde a CM Seixal sabia da existência de uma paragem e não acautelou devidamente o espaço para a mesma, criando um enorme problema para todos os utilizadores de transportes rodoviários, ainda para mais quando esta paragem existe há mais de 30 anos.



Mas a incompetência do executivo municipal e do vereador responsável por este pelouro é por demais evidente. Estes não conseguiram fazer um "rebordo" ou uma "plataforma" que salvaguardasse os passageiros de colocarem em causa a sua integridade física, quando estão a fazer o simples acto de utilizar um transporte público.O simples acto de apanhar um autocarro no Seixal tornou-se um acto de coragem, e se por algum motivo uma pessoa com deficiências motoras utilizar aquela paragem, pode acontecer ali uma catastrofe, como já aconteceu em outras ocasiões. E como noutras ocasiões já sabemos que este executivo não tem a frontalidade e a decência de assumir os seus erros.

Mas curiosamente o executivo,não se esqueceu de colocar uma Paragem de Autocarros no outro lado da estrada,como se verifica na foto acima,o que me leva a pensar que todo este processo é uma enorme incompetência e que o MST serve apenas para fazer capas de BoletimMunicipal. Para terminar, numa obra com um custo estimado de 320 milhões de euros, e com uma derrapagem orçamental de 70 milhões de euros, como é que o executivo se esquece desta paragem que já existe há 30 anos.

Esta negligência na gestão do Seixal tem de acabar.

No entanto, existem algumas perguntas que têm de ser feitas:

- Sendo a CM Seixal, a entidade que indica o troço do MST para o Concelho, e existindo esta paragem há mais de 30 anos, como é que não salvaguardaram esta situação e os seus utentes?

- Visto que a asneira já esta feita, como é que o executivo (ou o vereador responsável) pensa fazer para remediar a situação?

- Se infelizmente, acontecer alguma desgraça no local, a CM Seixal irá assumir a sua responsabilidade?

6 comentários:

Anónimo disse...

Mais uma asneira. O "cremesse" é mesmo parvo ou ignorante! Então é a Câmara que indica o troço do MST? Tanta estupidez num unico post é dificil, mas o "cremesse" não para de surpreender em estupidez e parvoice... Com tanta ainda chegas a deputado laranjinha!

Pedro Sousa disse...

Caro Anónimo,

A CMS tem de aprovar o traçado, o Governo Central é o responsável pela obra, pelo projecto e pelo financiamento da mesma (e ainda bem, porque a depender dos poderes locais da CDU nunca seria feita), não obstante, a localização final do traçado tem de ser aprovada pela câmara municipal.

Se não acredita em mim (esta no seu direito), deixo-lhe as palavras da Pres. Da Câmara de Almada, uma "Camarada" aqui do município vizinho, referente à escolha de um troço do MST:
" O projecto está em aberto; o projecto da Ramalha ainda não foi apresentado à CMA para aprovação; todas as sugestões são bem-vindas; os técnicos vão-se debruçar sobre as alternativas; a seu tempo os moradores irão ser informados dos estudos das decisões/alternativas".

Até lhe digo mais, um projecto desta envergadura pressupõem (se devidamente executado) os seguintes passos: Estudos Preliminares, Estudos Prévios, Projecto Base e Projecto de Execução.
Até ao Projecto Base, altura em que o traçado é, à parte de um outro pormenor técnico, definitivo, a Camara municipal do Seixal, tem de dar parecer e aprovar o traçado, é parte das suas competências.

MAIS GRAVE DO QUE ISSO:

Vamos supor, que por condicionantes técnicas, topográficas ou ambientais, o traçado tivesse mesmo que passar por ali. Era competência da CMS ver todos os conflitos que daí resultavam, como o caso desta “paragem”, encontrar e implementar uma solução que salvaguardasse os munícipes.
OU ISTO TAMBÉM É CULPA DO GOVERNO CENTRAL?

Este caso não é único, também já foi aqui apresentado, as paragens na saída da auto-estrada para o Seixal, existe uma paragem que põem em risco a segurança dos peões e automobilistas pois para poder aceder á paragem, tem de se atravessar um eixo que recebe os carros vindos de uma auto-estrada. Haver naquele local uma paragem também é culpa do governo?

Haja responsabilidade e respeito pelos municipes.

Atensionsamente,
Pedro Sousa

Pensar o Seixal no Século XXI disse...

Pedindo antecipadamente desculpa aos bloguer's pela intromissão, gostariamos de informar que existe um novo blogue sobre o Seixal que poderá visitar em:

www.pensarseixal.wordpress.com

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Daniel Geraldes disse...

Obrigado pelo Pedro Sousa por esclareceres o anónimo enfurecido com tanta objectividade.

E em relação ao anónimo, fico triste em ver que a sua maior preocupacação não é resolver o problema que a CM Seixal negligentemente não foi capaz de resolver, mas sim lançar a contra informação.

Filipe e aos autores do novo blog, desejo-vos muito sucesso.

Anónimo disse...

Já percebi então porque é que a CDU correu com o ex-Presidente da Freguesia de Corroios, o incompetente do Brazio.

Carla F. disse...

Como pude verificar no local, esta paragem está num sítio muito perigoso. Pude verificar que os utentes dos autocarros têm que esperar o mesmo atrás da linha do metro e para pessoas com deficiências motoras ou idosos têm muita dificuldade a dirigir-se à berma, demorando algum tempo a atravessar a linha do metro o que pode ter consequências devastadoras...