terça-feira, novembro 11, 2008

Estão cheios de mural!


Ainda recentemente falámos aqui de dois militantes da JCP que estavam a ser julgados pelo crime de dano em virtude de terem pintado um mural num viaduto público em Viseu.

Ora, de acordo com esta notícia do Jornal Público, estes dos militantes da JCP foram condenados pelos factos praticados.

Não nos vamos aqui pronunciar sobre a realidade jurídica – que é complexa – no que a esta matéria diz respeito, mas queremos chamar à atenção para uma frase da advogada da defesa – Odete Santos, representante dos paladinos da democracia e da justiça! – que consideramos de lapidar:

“Se for para o Sul, onde a CDU tem a maioria nas Câmaras, não encontra nenhuma perseguição assim, nem uma só. O que eu quero dizer é que onde as Câmaras são geridas por gente democrata as regras que se cumprem são as regras da democracia"

É pena é que a excelsa ex-deputada não se recorde do que se passou com a JSD Seixal e o processo levantado contra esta estrutura política devido à colocação de um outdoor em Corroios que resultou numa tomada de posição pela Comissão Nacional de Eleições a favor da pretensão da JSD Seixal.

5 comentários:

Marlene Pires disse...

Que descaramento! O PCP nunca foi democrata! Temos como exemplos: Cuba, China Coreia do Norte, onde se cometem as maiores atrocidades, mas muitos mais exemplos teríamos para citar. Até lhe fica mal mencionar a democracia.

Daniel Geraldes disse...

Penso sem margem para duvidas que foi feita Justiça, mas se viermos para Sul, a realidade é outra.

Anónimo disse...

Esperem pela decisão da Relação e não façam já a festa!

Joana disse...

Estou solidária com os 2 jovens de Viseu !!!

Acham sinceramente q eles estavam a praticar algum crime???

Que eu saiba a propaganda política não está dependente de nenhuma autorização, veja-se o artigo 4º da Lei 97/88!!

Ana disse...

Amigos:

Não digo que toda a gente o deva saber, mas as estruturas da JSD responsáveis pela propaganda deveriam saber que para colocar um outdoor (ou qualquer outra estrutura de propaganda que necessite de obras) esta tem de ser comunicada e terá de passar por uma série de mecanismos legais. Isto é válido para os outdoors do PSD, do PCP, do BE, do PS ou até do Continente ou Modelo.

A pintura de um mural, a colocação de um cartaz ou de uma estrutura de mupi carece de autorização (desde que seja política), não podendo a Câmara remover em caso algum, tendo antes de contactar a organização responsável.

Quanto ao comentário da Marlene Pires que acha que os comunistas "não podem falar de democracia"... lamentável.

Lamentável que haja cidadãos portugueses que se achem mais aptos para falar de democracia que outros.