segunda-feira, novembro 03, 2008

Uma Câmara faz de conta

"A ambição de quem não tem capacidade é um crime"
Chateaubriand
Depois de um interregno de alguns dias sem escrever, ainda me consigo surpreender com este executivo que tem atitudes do Arco da Velha e consegue com a maior das celeumas ter posturas que até ao mais desprovido sujeito com falta de sentido crítico, faz saltar a tampa. Depois de 30 anos no poder, e supostamente (pelo menos assim o devia ser) com o total conhecimento dos grandes desafios que o Concelho do Seixal enfrenta o executivo não fez senão gestão corrente do nosso património, mas parece que após 30 anos não tem a noção do rumo que quer para o Seixal e adicionando a isto a falta de boas praticas politicas que tenham em conta a população, resta dizer que a única opção conhecida e ganha no Seixal foi desafio de betão que vai nascendo por todo o sitio, e assim constata-se que pouco ou nada se fez de sério no Seixal.
Mas no meio daquilo que já há muito tempo devia ser o rumo do Seixal, aparece no site da CM Seixal um inquérito para a Câmara Municipal perceber a Mobilidade sustentável no Concelho, o que me leva a depreender que tanto a alternativa á EN10 como o Metro Sul do Tejo, foram feitos com base em preocupações eleitoralistas e não com as reais preocupações das necessidades da população do Seixal, não havendo para isso qualquer estudo prévio, e assim sendo não houve em conta nenhuma necessidade de ordenadamente do nosso território e as suas variáveis.
Mas tendo em conta o inquérito que o executivo apresenta nota-se um falta alarmante de conhecimento do que são as vias de comunicação no Seixal e as possíveis alternativas, preferindo-se antes perguntas absurdas, como a cilindrada do nosso carro, ou o combustível que consome, mais parecendo um estudo de Mercado da Galp ou de qualquer outra gasolineira.
Para terminar peço-lhe encarecidamente que participe neste inquérito para que de uma vez por todas, o executivo Municipal tenha em conta as suas e as nossas preocupações, e não continue esta politica irresponsável de planeamento das nossas acessibilidades e estas perguntas inconsequentes.

2 comentários:

Davide Ferreira disse...

É de facto uma Câmara faz de conta... o nosso outdoor em corroios já perdeu a cor e a alternativa a EN10 nada...

Estou certo que em ano de eleições vao prometer mais uma vez terminar a estrada.

joana disse...

Esta câmara além de ser uma câmara de faz de conta é quase uma câmara fantasma, pois há alturas em que parece que andamos ao sabor do vento.
O nosso outdoor ja perdeu a cor, mas a JSD Seixal nao perdeu a vontade de lutar por um conselho melhor.