terça-feira, novembro 18, 2008

O pior da União Europeia...




O título nada honroso de pior Ministro das Finanças da União Europeia cabe ao Ministro das Finanças Português - Teixeira dos Santos.

A notícia vem no conceituado jornal Financial Times.

O jornal britânico usa três critérios principais: economia (segundo vários indicadores económicos), política (baseado nas opiniões de um painel de economistas e comentadores) e estabilidade.

Ver a notícia aqui

15 comentários:

Daniel Geraldes disse...

E tenho a certeza que se o Financial Times elegesse o pior autarca, o nosso Presidente de Câmara era um sério candidato ao titulo.

Em relação ao Ministro das Finanças e ao Governo, só prova que o "botox" que foi injectado pelas agências de comunicação não conseguem disfarçar a legislatura perdida do ponto de vista de reformas estruturais para o País.

Anónimo disse...

Vocês devem ter uma fixação qualquer com o coitado do Alfredo Monteiro e com os malvados dos comunas, então até em posts onde estes não são referidos os senhores têm de dar a achega? Acho que ali na Amora há um psiquitra muito bom, versado em Freud que é capaz de os poder ajudar a ultrapassar o trauma. E a Nelita Salazar? Não merece um post de enaltecimento?
Heil Hitler

Marlene Pires disse...

"Oh coitadinho do crocodilo"

patrícia fernandes disse...

Hmm, então e a história da social-democrata que queria ser ditadora? Já ouviram falar? Eu tenho para mim que se trata da pior líder do maior partido da oposição da Europa.

Daniel Geraldes disse...

Patrícia, acreditas mesmo que a Dra. Manuela Ferreira Leite quer uma ditadura???

Pior que a Dra. Manuela Ferreira há o Jerónimo de Sousa,o Francisco Louçã e aquela senhora dos verdes.

Filipe de Arede Nunes disse...

Efectivamente as frases retiradas do contexto valem o que valem, sobretudo porque é preciso ver as imagens para compreender que tudo o que foi dito é ilustrativo de enorme ironia! Enfim... São os órgãos de comunicação social que temos!

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Anónimo disse...

Agora a cula é da comunicação social... Pois é se fossem todos correias de transmissão como o Comércio do Seixal...

Anónimo disse...

"Pior que a Dra. Manuela Ferreira há o Jerónimo de Sousa,o Francisco Louçã e aquela senhora dos verdes."
Acho que tiradas deste género são ilustrativas do carácter e poder de argumentação da Juventude Oficial do Futuro. Claro que os orgãos detidos pelo Pinto Balsemão, António Oliveira e Belmiro estão todos contra o PSD. No fundo vós sois todos uns génios,e nós simples mortais, não temos capacidade para vos compreender. Tentem pelo menos uma vez ser honestos, realistas e sensatos. Um concelho, ou será conselho(?), de amigo.

patrícia fernandes disse...

Os órgãos de comunicação social, Filipe, não tiraram nada do contexto. Simplesmente deram relevância à frase que, não me venham atirar areia para os olhos, não tem ironia nenhuma (isso já são coisas ditas pós-discurso para acalmar os animos depois de se aperceberem da gravidade dos comentários). Eu ouvi o contexto discursivo e não notei ironia nenhuma.

É muito mau culpar os órgãos de comunicação social. É um argumento fraco de que a sra. Ferreira Leite se serve para se desculpar da sua fraca capacidade comunicacional e de apresentação de soluções.

O que ela disse foi muito claro, democracia é bom mas só de vez em quando, que volta e meia é preciso mostrar quem manda e impor respeitinho, não queremos cá muitos abusos. Que é lá isso da democracia? Só traz é problemas! E isto de serem os jornalistas a escolherem os conteúdos noticiosos, hein? Quais são os critérios deles? Têm alguns, porventura? Na na, isto não pode ser assim, um salazar a cada esquina é que era! Um lapizinho azul também. E um PIDE? Isso então era a cereja em cima do bolo.

patrícia fernandes disse...

http://mp3.rtp.pt/mp3/wavrss/info/nacional/30937_23393.mp3

É muito irónica a senhora, não é? Ainda estou agarrada à barriga de tanto rir...

Filipe de Arede Nunes disse...

Patrícia,

Conheço-te há muitos anos, mas começo a perder a paciência para te responder. Se queres escrever coisas sem sentido sente-te à vontade, mas não continues é a esperar respeito pela tua - desfasada da realidade - opinião!

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Anónimo disse...

Eu cá não conheço a Patrícia, mas acho que não é ela que está desfasada da realidade. Ela, como todos nós, ouviu o que a MFL disse, e não o que quis dizer. Têm de admitir de duas hipóteses uma: ou ela é uma reaccionária com pendores autoritários proto-fascistas ou é um títere idiota (no sentido etimológico do termo), o que seria condizente com as características evidenciadas pelos lusitos da JSD Seixal. Já o Presidente da CMS felizmente é um homem honrado, digno e minimamente inteligente.

patrícia fernandes disse...

O que eu percebo cada vez mais é a dificuldade que por aqui há de se aceitarem as opiniões dos outros. Eu sempre as dei em nome próprio. E esta questão marca o fim das minhas intervenções por aqui.

Vocês são sempre intolerantes e inflexíveis quando a conversa não vos agrada, acusam as pessoas de dizerem coisas sem sentido, porque só vocês é que percebem dos assuntos. A frase foi clara: «E até não sei se a certa altura não é bom haver seis meses sem democracia, mete-se tudo na ordem e depois então venha a democracia». Ela não se pode dar ao luxo de se sair com estas tiradas se quer ser primeira-ministra. Mesmo que esteja a defender os professores, mesmo que esteja a dar a entender que não se podem inflingir reformas sobre as pessoas que estas não querem aceitar. Mesmo que o contexto seja o mais composto possível, o que ela disse não teve pinga de ironia. Era uma crítica ao governo do Sócrates? Até podia ser, mas borrou a pintura toda. E, diga-se em abono da verdade, ela já não estava nas melhores condições de proferir frases desta índole.

Sejam felizes, bons projectos, boa sorte.

Daniel Geraldes disse...

Patricia eu aceito a tua opinião, e concordo que a senhora não devia ter dito aquela frase, e agora vamos ter o país a comentar esta frase nos próximos 5 dias.

Marlene Pires disse...

É de lamentar que mesmo depois do PSD explicar as palavras IRÓNICAS da Dra. Manuela F. Leite, se continue a pôr em causa a democracia do partido.

À Patrícia:
O que nós pretendemos é trazer casos sério e graves, para se debater, discutir e defender. Mas na verdade vêm anónimos criticar destrutivamente, ameaçar (qual PIDE) e comentar noticias que nada têm a ver com os posts.

Cumprimentos

MP