terça-feira, julho 08, 2008

Moção sobre vandalização do outdoor da JSD Seixal sobre Polícia Municipal

O Presidente da JSD Seixal Miguel Pina Martins apresentou ontem na Assembleia Municipal mais uma moção a reprovar os actos de vandalismo contra as estruturas da JSD Seixal.

Foi aprovada mais uma vez por unanimidade.


Considerando que:

A JSD e o PSD Seixal vão apresentar mais uma vez junto do Ministério Público do Seixal uma queixa-crime contra incertos em virtude dos recentes ataques às estruturas de propaganda política.


O PSD e a JSD Seixal deixam claro que não abdicam da proclamação da sua forma de ver a sociedade e a política no nosso concelho, querendo afirmar peremptoriamente a marca ideológica que está na sua génese, não deixando nunca de fazer passar a sua mensagem, seja por outdoor seja de qualquer outra forma.


A PSD e o JSD Seixal, esperam que se faça JUSTIÇA, e que os criminosos que têm atentado contra a saúde da democracia sejam apanhados, julgados e condenados pelos seus actos.

A Assembleia Municipal do Seixal já condenou anteriormente outros actos de vandalismo sobre as estruturas da JSD e do PSD Seixal,

A diferença de opinião e a liberdade de expressão são valores que fazem parte do património deixado pelo 25 de Abril à nossa democracia

A Assembleia Municipal do Seixal, na sua reunião de 7 de Julho de 2008, delibera:

- Reafirmar a condenação e forte repúdio dos Actos de Vandalismo que os Outdoors da JSD e de outras forças políticas têm sido alvo ao longo dos 3 últimos anos.

- O envio para o Conselho Municipal de Segurança da presente Moção com o objectivo de dar conhecimento da mesma e de esse Conselho se pronunciar sobre as causas subjacentes a estes actos e tentar encontrar soluções que os evitem ou minimizem, pois os mesmos denigrem a imagem do nosso concelho dando-lhe a aparência para o exterior de existir um défice de liberdade de expressão no Seixal.

Os eleitos do PSD Seixal

na Assembleia Municipal do Seixal

3 comentários:

Filipe de Arede Nunes disse...

Infelizmente, por muitas moções que a JSD Seixal faça aprovar na Assembleia Municipal, por muitos comunicados de imprensa que emita, por muitas queixas que apresente junto do Ministério Publico, até hoje nenhum destes esforços que revelou suficiente para conter a alarvidade de determinados individuos que teimam em conspurcar a democracia.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Paulo Edson Cunha disse...

Duas rectificações:
1-Não foi a JSD, mas sim o PSD, através do seu eleito, Miguel Martins, presidente da JSD que apresentou a Moção.
2-O texto final aprovado, por unanimidade, referia nos considerandos a vandalização dos outdors da JSD e de todas as forças políticas.

Agora Duas Notas:
1- Os vossos outdors são vandalizados, apenas porque incomodam. Lutaremos até que as forças se nos acabem para inverter estes actos.
2- O vosso outdor vandalizado era, como todos sabem, sobre a Polícia Municipal. Nesta Assembleia o PSD levou uma Proposta sobre esse tema à Assembleia Municipal, assunto apresentado por mim, mas defendido, em nome do partido, pelo presidente da JSD/Seixal.
Essa Prposta foi chumbada pela CDU, mas contou com os votos favoráveis do PS e do PSD, e ainda com a abstênção do Bloco de Esquerda. Convido-vos a irem ao meu blogue , "A Revolta das Laranjas"(http://pauloedsonc.blogspot.com/2008/07/comrcio-do-seixal-e-sesimbra-tema-da.html), ler, tentar perceber a argumentação da Câmara e, finalmente comentar para sair no Jornal do Seixal e assim denunciar o mais publicamente possível a forma como a Câmara faz política.
Renovo os meus parabéns e o enorme orgulho em ter esta JSD a trabalhar em conjunto connosco, rumo à vitória nas próximas autárquicas.

Anónimo disse...

Já deu para ver que o Paulo Cunha anda a delirar... Agora já fala em vitória... O homem está passado!!!