terça-feira, fevereiro 19, 2008

Há coisas que não deviam acontecer

Uma delas é os acidentes que aconteceram nessas cheias, a morte de duas mulheres na enxurrada do Rio do Jamor, mas o que também não devia acontecer era os bombeiros pararem as buscas pelo corpo da senhora que ainda se encontra desaparecida para irem almoçar. Se há situação que me revolta e mete nojo nesta nossa condição é o respeito pelo ser humano. E quando se param umas buscas para se ir almoçar é o completo desrespeito pela condição humana e pela memória de uma vítima de um acidente trágico. Este tipo de atitudes revela muito do que somos enquanto sociedade civil.

3 comentários:

Paulo Ferreira disse...

Os Bombeiros fizeram bem em terromper as buscas para se alimentarem, são humanos e necessitam de se alimentar para poderem continuar as buscas.

Daniel Geraldes disse...

Caro Paulo Ferreira, são opiniões. Eu que nem sou familiar ou conhecido de nenhuma das victimas sinto-me,claramente ofendido.

Mas como os bombeiros pensam da mesma que o senhor preferiram ir almoçar, alias o que é que interessa devolver um cadaver á sua familia,para poder ter uma ultima homenagem digna,comparado com um almoço!!!!

Anónimo disse...

Senhor daniel depois de burro morto...
pensei que ia falar do que acontceu em Setúbal mais concretamente em azeitão... que a Câmara Comunista fez passar a triste ideia deq ue uma senhora morreu primeiro (de morte súbita) e só depois é que foi arrastada... para escamotear as responsabilidades... e os nosos vereadores de setúbal de braços cruzados deixam passar a esta mentira.