terça-feira, junho 03, 2008

Empréstimo

Ontem foi aprovado mais um emprestimo da CMSeixal (mais de 10.000.000 €) na Assembleia Municipal do Seixal.


A bancada do PSD na Assembleia Municipal votou contra. E votou contra essencialmente por duas questões base:

- Este empréstimo acaba por ser essencialmente para obras já orçamentadas (55%), que ou já deveriam estar concluídas ou deveriam acabar em breve. Se por acaso a lei das finanças locais não é alterada, permitindo às autárquicas o endividamento, provavelmente estas obras nunca seriam terminadas pois sem esta verba seria impossível o seu términos.

- A segunda está relacionada com a ligeireza com que a Câmara Municipal se relaciona com este tipo de assuntos. Parece que é a praticamente um ano de eleições que o PC se lembra de fazer empréstimos para 18 anos. Ou seja, durante um ano vão-se condicionar os próximos executivos municipais durante os próximos 17 anos. Mas o que choca mais o PSD é a falta de Planeamento, as decisões são tomadas sem uma visão a longo prazo, pois o ano passado foi contratualizado um empréstimo, este ano faz-se outro, e se for necessário daqui a 3 meses fazem mais um, uma autentica "navegação à vista"

8 comentários:

Filipe de Arede Nunes disse...

Existem dois problemas essencias decorrentes deste emprestimo:
Em primeiro lugar o facto de, como todos os emprestimos, estarmos a vincular as gerações futuras com os gastos do presente;
Em segundo lugar, a desonestidade intelectual inerente à antecipação de receitas para financiamento de obras de fachada em vésperas das eleições autárquicas!
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Daniel Geraldes disse...

Visto o histerismo pela selecção nacional de futebol, vou falar em futebolês:

Este emprestimo é chutar para canto, que ao cair do pano (entenda-se eleições) a CM Seixal desmarcar-se para marca golo...entenda-se obras inauguradas.

Agora o que mais me desperta curiosidade é saber quem é que vão ser os empreiteiros das obras.

Daniel Geraldes disse...

Não sei se é possivel e até posso estar a dizer uma grande barbaridade, mas a ser possivel este emprestimo devia ser avaliado pelo tribunal de contas, e ontem devia ter sido questionado porque é que a CM Seixal não aderiu ao programa "Pagar a Tempo e Horas".

É que daqui a 18 anos eu tenho 40 anos.

Anónimo disse...

e o pc já não tem contraditório? quer dizer que concorda... coitaditos

Anónimo disse...

bom post.

mais uma perola do executivo pcp

Davide Ferreira disse...

O que acho mais incrivel é que situações como esta não passam na comunicação social... podia ser que o PCP ganhasse vergonha na cara...

Anónimo disse...

boa analise.

bem estruturada e fundamentada.

é importante preocuparem-se com estas questões ao invés de andarem de volta do poder falar e não poder falar nas assembleias

Anónimo disse...

grande chapelada