terça-feira, janeiro 15, 2008

Injustiça Social que diz respeito a todos nós

O centro de acolhimento Janela Aberta, procedeu hoje conforme testemunha o Jornal "Correio da Manhã", ao despedimento de cerca de 20 dos seus funcionários no seguimento da tomada de posição da Segurança Social de Setúbal de que este centro que albergava cerca de 28 crianças não tinha condições para continuar, visto haver apenas algumas irregularidades na cozinha do mesmo centro.
Pelo testumunho do meu companheiro Mauro Santos, que visitou o centro e se reuniu com a responsavel do mesmo, os problemas encontradas na Cozinha do Centro Janela Aberta não impediam o funcionamento do mesmo e umas obras resolveriam o problema, tanto mais que durante o período em que deveriam ocorrer essas obras e a cozinha não funcionasse, o centro iria ser compensado pela celebração de um acordo com uma empresa de Catering que garantia a qualidade e a alimentação das crianças do Centro Janela Aberta.
A JSD solidariza-se prontamente com os funcionários que foram despedidos e com as crianças do Centro Janela Aberta que foram alvo de pura malícia de quem tem por dever proteger e garantir a solidariedade social.

Sem comentários: