segunda-feira, setembro 22, 2008

Excelentes intenções

Hoje uma amiga minha de infância fez anos e convidou-me para o seu jantar de anos, ao que estive presente, nesse jantar de anos estava um grupo de cerca de 15 Jovens Católicos do nosso Concelho, eu sendo um liberal tendencialmente conservador e algo católico, estava nas minhas sete quintas porquei achei que podia gerar ali o debate fazendo o papel do CONTRA PODER :), e assim aproveitando para "provocar" os meus pares sobre a religião no geral, a abordagem pessoal da mesma que "nos" temos, a teoria do Adão e Eva, o alheamento dos jovens sobre a vida espiritual, a abordagem da Igreja aos mesmos jovens, as duvidas metafisicas que colocamos a nós mesmos, e mais alguns temas sobre a religião e a Igreja em si, e a todas as minhas duvidas e perguntas foram respondidas com a maior simpatia e sempre sob pontos de vista reflectidos mas na minha opinião discutíveis, por outro lado e num lado mais factual perguntei-lhes sobre as actividades que desenvolviam, como ajudar o próximo, da solidariedade social na comunidade, á sua predisposição de ajudar o próximo, as dificuldades logísticas e monetárias que tinham, no fundo tentar perceber a sua orgânica e devo dizer que fiquei encantado com eles, sendo no geral um jantar bastante agradável e bastante enriquecedor sob todos os pontos de vista. Sendo o Seixal com dificuldades socais bastante vísiveis, percebi o alcance deste jovens e por isso resolvi escrever este post a destaca-los e a dar-lhes o devido destaque.

Aqui a minha intenção não é promover a Igreja em si, mas sim promover estes jovens, lançando o repto que se tiverem oportunidade de contribuírem para tão nobre causa que o façam, eles merecem ver o seu esforço reconhecido.

4 comentários:

Anónimo disse...

Enfim, que discurso... liberal, conservador, católico... tanta palavra e rótulo e particar???

Daniel Geraldes disse...

Mas eu pratico, semanalmente aos Domingos de manhã vou a missa, talvez no que respeite á tema religião, sou como o Miguel Torga, um pouco confuso na explicação.

Anónimo disse...

Uma chamada de atenção de um blog da margem sul para uma notícia da Rádio Renascença:
"Apesar de o ano ainda estar longe do fim, pelo menos quatro localidades portuguesas já ultrapassaram os valores anuais de poluição permitida por lei.
Lisboa, Seixal, Vila do Conde e Espinho são os maus exemplos apontados pela Quercus neste Dia Europeu Sem Carros.“Há valores que revelam a existência de quatro zonas ainda com problemas graves. É o caso da Avenida da Liberdade [em Lisboa], que no ano passado teve 149 dias com excesso de poluição e que, este ano, já vai em 55 dias até Agosto. Existe também o Seixal e, no norte, do país, os casos de Espinho e Vila do Conde, que vão ultrapassar - no fim do ano - os cem dias em excesso”, explica Helder Spínola.Os dados foram divulgados esta manhã pela Quercus, no âmbito de uma iniciativa de sensibilização em Lisboa, inserida na Semana da Mobilidade e no Dia Europeu Sem Carros." in Rádio Renascença

Anónimo disse...

Excelente post Dani. Devemos constantemente elogiar aqueles que, se não diariamente, pelo menos com alguma frequência, predispõem o seu tempo ao serviço dos outros.

Mas sendo católicos ou não, o importante é fazer estas acções sem esperar nada em troca. Até a paz de espírito, não deve ser tomada em conta quando se fazem estas acções.

Dar por dar, ajudar por ajudar, apenas porque podemos, é o correcto. Esperar recompensas por boas acções já não é correcto. Não devemos sentir-nos bem com nós mesmos por agir, mas devemos agir por obrigação ética/moral.
Estou em crer que a Jsd o faz, e por isso também se mo for permitido, faço um elogio a todos aqueles que agem na necessidade ética, por um concelho melhor.

Cumprimentos,
Gonçalo de Albuquerque