segunda-feira, setembro 29, 2008

Cartão Seixal 65 +

Se há momento que aprecio é ter uma bela conversa com pessoas mais velhas, e de preferência de uma outra geração, nomeadamente pessoas que tenham idade para ser meus avós, e se estes gostarem de discutir politica independentemente da sua cor ideológica, então temos uma conversa que nunca mais acaba.

É por isso, que tenho por grande consideração aqueles que trabalharam toda uma vida e que nos seus dias de reforma não vêm reconhecido pelas mais diversas entidades do Estado o contributo que deram para o nosso País. Assim sendo, gostaria de poder tornar a sua vida mais confortável e que levassem a sua abençoada "velhice" tranquilamente sem problemas de maior.

É por isso que pretendo por em prática uma politica "para os mais velhos" que tem como objectivo minorar os efeitos de uma politica autárquica devota do Betão, da manutenção do poder, das rotundas, chafarizes e grandes ilustrações do Boletim Municipal que só dá oportunidades a meia dúzia de especuladores construtores civis.

Para isso era Simples, este executivo poderia em parceria com as empresas locais criar um Cartão Seixal 65+ que serviria para lhes oferecer descontos e condições mais vantajosas para estes, como por exemplo:

A obtenção de vários descontos em farmácias, centros clínicos, restauração, entre outros; descontos de 65% em actividades culturais promovidas pela Câmara Municipal do Seixal e a isenção do pagamento do contador da água. O titular deste cartão porventura teria ainda direito a redução de 65% nas taxas relativas à emissão de certidões e/ou fotocópias de documentos; descontos em actividades desenvolvidas por Associações Culturais, Recreativas e Desportivas, assim como redução em eventos culturais promovidos por outras entidades, ou seja, com esta parceria criava-se um conjunto de oportunidades fantásticas que muito pode contribuir para a própria dinamização do Comercio Local.

São medidas simples que podem em muito tornar a vida destas pessoas muito mais activa e contribuir para um maior envolvimento cívico destas gentes do Seixal que têm tempo e vontade de o gastar em prol de um Concelho mais dinâmico.

Para concretizar esta medida falta apenas uma coisa, VONTADE POLITICA, do PCP!

2 comentários:

Anónimo disse...

Até ao presente sabia que o Daniel não passava de um "cremesse" a precisar de voltar para a escola primária para aprender português! A partir deste post fico com a certeza que ele é um "cromo (esse)"!!! Então ò Daniel não sabes que no Seixal já não se cobra aluguer de contador da água? Quer aos que tem mais de 65 anos, quer aos que tem menos de 65 anos...

Daniel Geraldes disse...

Por acaso não sabia, ainda não tenho esse tipo de responsabilidades cá em casa, por isso não sabia, mas obrigado por me o ter dito!!!