domingo, agosto 31, 2008

O incompetente é ele!

Na sexta-feira escrevemos aqui sobre o atraso da Câmara Municipal do Barreiro na sua candidatura a fundos do QREN e fizemos referência às declarações do Presidente da dita autarquia que fez alusão – a título de desculpa pela sua incompetência – a um outro caso, onde também por breves minutos se colocaram em causa 6 milhões de euros em fundos comunitários.

O DN, noticia hoje a confirmação de que efectivamente a Câmara Municipal do Seixal foi também incapaz de fazer chegar a sua candidatura aos fundos comunitários.

No entanto, parece que para o Vereador comunista Joaquim Santos a culpa não morrerá solteira e até já terá nome: os funcionários que estavam à frente da equipa coordenadora do projecto.
Infelizmente, o município do Seixal perdeu a possibilidade de ter uma verba de cerca de 6 milhões de euros para a requalificação do bairro da Quinta do Cabral e para a instalação de alguns equipamentos desportivos e sociais.

Apesar de ter conseguido identificar os responsáveis técnicos pela falha no envio da candidatura, o Senhor Vereador Joaquim Santos não sabe, não compreende, ou porventura não quererá compreender, que sendo este o Vereador responsável, talvez as maiores responsabilidades lhe fossem imputadas a ele. Afinal, existem também responsabilidades políticas que devem ser assumidas por quem de direito, e o Senhor Vereador Joaquim Santos deverá ser a pessoa indicada para as assumir.

Diria, que se existisse vergonha nestes autarcas, o Senhor Vereador Joaquim Santos pediria a sua demissão por ser responsável por uma equipa, que por manifesta incompetência falhou a possibilidade de o município contar com uma verba que em muito iria ajudar a completar o orçamento municipal.

A realidade parece ser bem diferente. O PCP local certamente que se calará como um rato na tentativa de deixar passar em claro esta grave falha que afecta negativamente a realidade do concelho do Seixal. E logo estes que gostam tanto de exigir responsabilidades a tudo e todos!

5 comentários:

Nuno Gonçalo Poças disse...

"Roubaste-me" o post... Não tenho mais a dizer porque ia escrever precisamente o mesmo.

Daniel Geraldes disse...

Não pede a demissão, o vereador, mas devê-mos pedi-la nós, porque 6 milhões de euros, nem um anafalbeto concerteza perdia este financiamento, é uma autêntica vergonha, estas notícias não saem no Boletim Municipal, porquê.

Estes incompetentes encapotados dentro dos partidos politicos têm de ser postos a descoberto, é uma autêntica vergonha!!!!

hkt disse...

E foi assim, exactamente assim, que em épocas recuadas (diria, históricas) se perderam ingloriamente outros financiamentos... responsáveis? Os técnicos, os trabalhadores ... este também é um cenário conhecido.

Anónimo disse...

Ainda não percebeu que se não fosse divulgado que as camaras nao se candidataram daqui a uns meses a informaçao que passava era a de que não havia sido dado pelo governo os fundos comunitários?

ou que so teria sido dada uma verba inferior, fruto de outra candidatura mais "curta" e que no conjunto dos municipios o seixal seria marginalizado.

ainda duvidam que isto é feito sistematicamente com claro prejuizo para a populaçao ???!!!!

Estas camaras é mesmo a politica da terra queimada . e manipulam a população negativamente há bem mais de 30 anos . estão se bem nas tintas para a populaçao em geral . só acodem quem querem .

Paulo Edson Cunha disse...

Vejam posição do PSD Seixal no blogue "A Revolta das Laranjas"