quinta-feira, abril 24, 2008

O Santana tem destas coisas!!!!

Para que se saiba, eu Daniel Geraldes não irei votar no Santana, mas gabo-lhe o seu fado.

11 comentários:

Anónimo disse...

Grande Santana

Anónimo disse...

Ficámos a saber que o Daniel Geraldes não irá votar no Santana, mas já que trouxe à baila esta questão, poderia ter dito em quem vai votar.
Seria muito mais interessante que defendesse politicamente um dos candidatos da sua preferência em vez de abordar este assunto pela negativa, seguindo os mesmos passos da comunicação social que à falta de argumentos credíveis, inventam casos e colocam rótulos para denegrir a imagem do Dr. Santana Lopes.
O companheiro Daniel Geraldes tem todo o direito de não gostar do Santana, como lhe chama de maneira pouco respeitável, mas deve lembrar-se que o Dr. Santana Lopes já fez mais por este PAÍS, pela JSD e pelo PPD/PSD desde 1974, do que muitos daqueles que hoje, quais iluminados caídos não se sabe de onde, querem fazer crer.
Eu irei votar no Dr. Santana Lopes, esperando que ele volte a ocupar o lugar que o Dr. Sampaio lhe retirou sem qualquer justificação lógica, impedindo-o de desenvolver a política delineada pelo PSD para a legislatura completa.

Daniel Geraldes disse...

Claro que não irei votar no Dr. Pedro Santana Lopes, como não irei votar no Pedro Passos Coelho, no Patinha Antão ou no Neto da Silva, ou em qualquer outro que possa aparecer.
Mas restringindo-me ao Santana Lopes, não irei votar nele, por o Santana Lopes não é um Berlusconi como ele agora se faz querer, não é o melhor para o nosso Partido, alias se a imagem publica do Partido desde 2004 esta em cacos, o Durão tambem tem culpa, mas tem grande parte da culpa aqueles terriveis 4 meses em que ele foi governo, em que todos os dias saiamos na Comunicação Social e em que todos os dias dava-mos tiros nos pés, e como diz o Dr. Jorge Coelho há muita fraca memória na política, e o Santana padece desse mal.
Se o ex-Presidente da Republica,o Dr. Jorge Sampaio o destituiu quando a sociedade civil se pronunciou veja o resultado que ele obteve nas legislativas, o pior resultado de sempre desde o 25 de Abril de 1974, veja aquela bancada parlamentar que foi feita num dia de nevoeiro.
Mas se o senhor anónimo acha que o Dr. Pedro Santana Lopes é o melhor para o nosso Partido, entao o senhor gosta é do Santana, não gosta do Partido.

Filipe de Arede Nunes disse...

A diferença entre o companheiro Daniel Geraldes e o anónimo que aqui disserta sobre a figura de Santana Lopes reside no facto de o Daniel Geraldes assumir o que diz e de o anónimo se resguardar no seu anónimato!
De resto, subcrevo integralmente as palavra do companheiro Geraldes.
Certamente, que a JSD Seixal irá tomar posição pública sobre que candidato apoiar.
Mais comentários para esse momento.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Anónimo disse...

Um dos princípios da social democracia é a tolerância, mas pelos vistos isso é coisa que passa ao lado dos companheiros Geraldes e Nunes.
Que autoridade moral ou política têm para fazerem apreciações tão depreciativas sobre um dos candidatos e até sobre o PSD?
Não estarão no Partido errado?
Parece-me que sim.
Se fiz uma chamada de atenção e agora um comentário de forma anónima é porque o corporativismo reinante nas hostes do Seixal a isso me obriga, mas que não invalida de qualquer forma o que escrevi sobre a forma pouco respeitosa como tratam um militante com provas dadas no País e no Partido.
Os companheiros Geraldes e Nunes têm todo o direito a expressarem pela positiva as suas opiniões, mas isso não lhes permite a que de uma forma leviana e irresponsável virem ofender seja quem for, até porque isso não é nem nunca foi a maneira de estar da JSD.
Retratem-se e façam um exame de consciência, pois o Partido não precisa de mais gente do "bota abaixo".

Cumprimentos.

Filipe de Arede Nunes disse...

O anónimato reiterado merece a atenção que merece!
Relativamente ao conceito de corporativismo a que se refere para justificar o seu anónimato, confesso que me deixou confuso. O que é que o corporativismo tem com o facto de cada um assinar o que quer que seja? Que corporação existe no Seixal?
Não vi aqui ninguém fazer comentários depreciativos sobre quem quer que seja, muito menos sobre o companheiro Santana!
Os militantes da JSD Seixal continuarão, independentemente dos comentários que existirem, a manifestar as suas opiniões relativamente a tudo o que se passa e sempre dentro dos limites da razoabilidade e do respeito.
Quanto ao anónimo, apareça quando quiser e comente. Este é um espaço de liberdade.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Daniel Geraldes disse...

Caro anonimo eu sou tolerante posso é gostar de exprimir-me com absoluta convicção para não se duvidar daquilo que escrevo, mas deixe-me que lhe diga que o corporativismo que diz que existe no Seixal não tem nada a ver com a discussão sobre o Santana e o unico corporativismo que conheço é o da CDU(chamo-lhe Santana pq efectivamente é um dos nomes do senhor).

Sabe é que andar por aí, como o Santana Lopes diz tem a sua piada, é um soundbyte engraçado mas não revela mais competência,mais sentido Político, mais propostas para o debate politico, só revelou o oportunismo de voltar a aparecer,o vazio de ideias, projectos e o poder pelo poder.

O Santana Lopes foi unico Presidente do PSD que não deu qualquer deputado á JSD, e daquilo que eu penso de política acho que a juventude deve estar sempre representada.
O Santana Lopes, foi o Presidente do Partido que nas ultimas eleições utilizou a JSD para fazer uns cartazes duvidosos sobre o Secretario Geral do PS.
O Santana tentou recriar uma AD, oferecendo 2 lugares de deputados ao PPM e MPT que em nada acrescentaram ao nosso Partido, sendo um Partido que mtas vezes que se caracteriza por ter varias tendencias dentro da aréa não socialista alastrando assim a desorganização.
O Santana ainda há 4 anos conseguiu o pior resultado de sempre do PPD em eleições desde o 25 de Abril de 1974.
O Santana desde que tomou posse da bancada parlamentar ainda não passou um unico debate para falar do Futuro que quer, mas sim do passado que deseja mudar.

O Santana não é nem de perto nem de longe, o melhor que o PSD tem, e com o Santana a Presidente do PSD, pode crer que o PSD tal como o conhecemos irá acabar.
E aquilo que eu de melhor conheci do PSD, foi no tempo em que Dra. Manuela Ferreira Leite tinha uma grande acção politica não foi no tempo do Dr Santana Lopes.
O dr. Santana Lopes teve o seu tempo como Presidente do Partido se não conseguiu fazer melhor é por incapicidade ou por incompetência, a Dra Manuela Ferreira Leite nunca foi Presidente do Partido e eu quero dar-lhe a oportunidade de ser,mas se governar mal sou o primeiro a admiti-lo.

Para mim estes argumentos que acima enunciei chegam para não querer ver o Santana Lopes de novo Presidente do meu Partido. Mas eu só represento o meu voto, sendo que quem irá decidir irá ser a generalidade dos militantes.

Anónimo disse...

Caro companheiro Geraldes (ou deverei antes chamar-lhe camarada?)

Afinal eu não estava muito longe da realidade por me parecer que o Geraldes está no Partido errado, pois quem defende a existência das quotas tem a sua sede no Largo do Rato.

O Geraldes não gosta do Santana (como lhe chama) principalmente porque este não deu nenhum deputado à JSD. Ou seja, não interessa o valor das pessoas, mas sim a sua qualidade de jovem e já agora também a de mulher, de trabalhador, de reformado, de cor da pele, de tendência religiosa ou até de opção sexual. Deve ser assim que o Geraldes defende a distribuição de lugares (vulgo tachos) para que o Partido possa desenvolver-se.

O Geraldes deve ser mais um daqueles que pensam que os Partidos apenas servem de trampolim para um futuro promissor já que não tendo jeito para o futebol, a política é o outro meio mais fácil para conseguir poder e dinheiro.

Mas, meu caro Geraldes, está redondamente enganado. Estude, arranje uma profissão digna e depois meta-se na política se tiver conhecimentos suficientes para isso.

Se o melhor que conheceu no Partido foi no tempo da Dr.ª Manuela Ferreira Leite, então convido-o a tentar saber um pouco mais sobre outros líderes e sobre a composição de outros governos do PSD desde 1974.

A Dr.ª Manuela Ferreira Leite é sem dúvida um excelente quadro do Partido, não por ser mulher, mas sim pela sua qualidade técnica e política; isso ninguém pode pôr em causa.

Mas para defender a candidatura de uma pessoa o Geraldes não tem que ser intolerante e injusto para com outros, neste caso com o Dr. Pedro Santana Lopes, ao afirmar que não tem competência e que é um oportunista que quer o poder pelo poder.

Se o resultado das últimas eleições legislativas foi o que foi, não se lhe pode atribuir apenas a ele as culpas, quando se sabe que até “distintos” militantes do PSD contra si fizeram campanha, tal como já o estão a fazer agora.

Será bom recordar que, entre muitas outras coisas, o Dr. Pedro Santana Lopes foi até hoje o melhor governante na área da cultura (considerado pelos vários sectores), conquistou ao PS a Câmara da Figueira da Foz onde fez um excelente trabalho e contra todas as previsões, ganhou sozinho a principal Câmara Municipal do País sem qualquer coligação.

Pode-se não gostar do estilo, da pessoa ou de outra coisa qualquer, mas é extremamente injusto dizer-se aquilo que o Geraldes disse de um militante do PSD desde a 1ª hora e com muitas provas já dadas.

Caro Geraldes:

Pense um pouco antes de fazer afirmações sem fundamento e tenha mais respeito por aqueles de quem não gosta e que considera seus adversários. A tolerância é isso mesmo e se quer debate de ideias, venham elas, as ideias, não as ofensas gratuitas.

Cumprimentos.

Filipe de Arede Nunes disse...

Confesso que o que mais me perturba nesta discussão é a facilidade que alguém que nem tem a coragem de assinar o que diz faz acusações levianas sobre companheiros que têm trabalho para colocar o PSD Seixal no mapa da política em Portugal. A liberdade, essa conquista do 25 de Abril, permite-nos questionar, duvidar, opinar sobre tudo e sobre todos.
O companheiro Santana Lopes tem todo o direito de se candidatar a Presidente do PSD e merecerá a confiança daqueles que se reveem no seu estilo.
O companheiro Santada Lopes conseguiu de facto aquilo que nenhum outro tinha conseguido até Menezes: deixou o PSD numa situação de tal forma grave que arriscamos o futuro.
A questão que se coloca com estas eleições no PSD tem a ver com o que se quer para a sociedade portuguesa: queremos a competência ou a leviendade?; queremos a honestidade intelectual ou o populismo?; queremos a capacidade de concretizar projectos ou as promessas inconsequentes?; queremos salvar o Partido ou destrui-lo?
Depois de 6 meses como Primeiro Ministro, Santana mostrou o que valia. Infelizmente foi pouco, ou quase nada, como comprova a pior votação de sempre que o PSD obteve.
Esta é, infelizmente, uma discussão estéril, porque uma das partes é incapaz de reconhecer o que quer que seja, em particular os factos.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Filipe de Arede Nunes disse...

Confesso que o que mais me perturba nesta discussão é a facilidade que alguém que nem tem a coragem de assinar o que diz faz acusações levianas sobre companheiros que têm trabalho para colocar o PSD Seixal no mapa da política em Portugal. A liberdade, essa conquista do 25 de Abril, permite-nos questionar, duvidar, opinar sobre tudo e sobre todos.
O companheiro Santana Lopes tem todo o direito de se candidatar a Presidente do PSD e merecerá a confiança daqueles que se reveem no seu estilo.
O companheiro Santada Lopes conseguiu de facto aquilo que nenhum outro tinha conseguido até Menezes: deixou o PSD numa situação de tal forma grave que arriscamos o futuro.
A questão que se coloca com estas eleições no PSD tem a ver com o que se quer para a sociedade portuguesa: queremos a competência ou a leviendade?; queremos a honestidade intelectual ou o populismo?; queremos a capacidade de concretizar projectos ou as promessas inconsequentes?; queremos salvar o Partido ou destrui-lo?
Depois de 6 meses como Primeiro Ministro, Santana mostrou o que valia. Infelizmente foi pouco, ou quase nada, como comprova a pior votação de sempre que o PSD obteve.
Esta é, infelizmente, uma discussão estéril, porque uma das partes é incapaz de reconhecer o que quer que seja, em particular os factos.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Daniel Geraldes disse...

Caro Companheiro, então vote no Santana, se não lhe chega o que ele já fez ao Partido e ao país, vote nesse ilustre "bon vivant".

Em relação á não presença da JSD no Parlamento, só lhe digo que é vergonhoso e quem abriu esse precedente foi o Santana e a sua equipe, agora se quiser continuar pela conversa esteril e bacoca dos tachos esteja á vontade, porque não é de isso que se trata, e se conhecesse decentemente a historia da JSD havia de reparar como ela foi imprescindivel na Historia do Partido.
Mas a sua visão é igual á do velho do restelo, que condena os jovens que tentam fazer política e quando assim o é, não há discussão que valha a pena.

E aconselho-o a ser o senhor a ler melhor a história do PSD, porque votar no Santana com a história recente do mesmo só revela uma completa falta de conhecimento político daquilo que é o PSD e da sua importancia para o país. Mas pode continuar em negação como tem feito até aqui.

Já lhe disse uma vez e digo-lhe outra, o senhor gosta do Santana não gosta do Partido.

E já agora, o senhor não aprecia a musica do Menino Guerreiro?
É que eu gostava que o nosso Partido fosse feito de gente como eu e o senhor que estamos aqui a defender aquilo em que acreditamos e não de Meninos Guerreiros!!!!