quinta-feira, julho 02, 2009

Seixal -o Concelho das Rotundas

Ultimamente no Seixal só se vê rotundas, não é que as rotundas sejam um problema em si, mas é a visão destes autarcas que demonstram que não sabem fazer mais nada do que rotundas, e a rotunda é o ex-libris do seu plano de desenvolvimento para o concelho.

Estou-me por exemplo a lembrar da rotunda com um barco caracteristico do Seixal na Cruz de Pau, da rotunda das Paivas, da rotunda de Belverde, das rotundas nos Foros de Amora e da fantastica rotunda da Torre da Marinha (a que mereceu honras do programa Nós Por Cá).

Não há-de faltar muito para o Seixal entrar para o Guiness como o Concelho das rotundas batendo o Concelho de Vila Nova da Rabona que tem 871 rotundas.

Mas acabar a EN 1O, que é uma via que vai fazer toda a diferença na mobilidade interna do Concelho fica para as próximas eleições. Até lá vai-se "rotundando" o Concelho.

4 comentários:

Corroios - Terra Nacional disse...

O executivo comunista estoira a belo estoirar, fundos comunitários em obras sem nexo nenhum. Uma das rotundas mais ridiculas na minha opinião, será aquela junto da esquadra da PSP, não faz sentid nenhum, o transito naquele local é praticamente nulo, não requer uma rotunda daquele tamanho exacerbado!
No meu blog faço uma referencia a importantes locais do passado no concelho do Seixal, e em particular na freguesia de Corroios. Casos como o do Hotel do Muxito e o comando de Antiaérea de Corroios, locais completamente entregues ao abandono, albergue de mendigagem e toxicodependentes e que não merecem um investimento sequer em prol dessa parafernália de rotundas sem nexo nenhum! Um bem haja, saudações nacionalistas

J.S. Teixeira disse...

Os trabalhadores da Autoeuropa não vergam perante nada. Vejam o artigo no blogue O Flamingo.

SEIXALENSE ATENTO disse...

Arrentela - tudo é possível


Quando questionei sobre o local de Arrentela que servia de parque a carros e caravanas de pessoas de etnia cigana, indagando se a Junta de Freguesia de Arrentela nada poderia fazer, surgiram os comentários dos defensores quer da Presidente da Junta quer do partdio fazendo varios comentarios em sua defesa. Um deles lembro-me, afirmava que não era fácil uma vez que o terreno era de um particular, logo, quer a Junta quer a Camara nada podiam fazer.

Eis que surge, porque estamos em vesperas de eleições e porque tudo vale, a Presidente da Junta lembrou-se de fazer, no tal terreno que é de um particcular, obras de melhoria (não percebi se para evitar mais caravanas no local ou se para transformar o local num parque de campismo). Como é de um particular, a obra foi embargada, e mais uma vez, a Presidente da Junta deu sinais de uma incompetência atroz.

Estamos em epoca de eleições já sabemos, só é pena que a Presdeinete da Junta confunda as leis e não as conheça. Retirar de um terreno particular caravanas e carros de pessoas é possivel por lei, fazer obras num local privado é que não senhora Presdidente!

Mais um tiro no pé.

Já agora alguem me sabe explicar porque é que os Toca a Rufar, que são uma empresa e não uma instituição sem fins lucrativos recebeu da Camara 40.000 euros?


http://www.porcatudonamesma.blogspot.com/

Inês M. disse...

Também gosto das rotundas de Fernão Ferro... Pequeninas e jeitosinhas =P