sábado, julho 11, 2009

Ainda a Baía...

No Boletim Municipal n.º 465 de 21 de Setembro de 2007, a CMS anunciava pomposamente "Investimentos em curso asseguram tratamento total dos efluentes até 2009. Abrimos na página 2 et voilá! lemos em subtítulo " Baía não recebe esgotos" até porque como diz no texto "Até à finalização do plano da SIMARSUL, os esgotos não tratados são canalizados para um único ponto no Rio Coina (...) um curso de água permanente, que não é um sistema fechado e por isso apresenta melhor escoamento, não estando inserido na malha urbana (...). Para quem não sabe o Rio Coina nasce na Serra da Arrábida e vai desaguar num braço do Rio Tejo junto ao Barreiro. Perguntamos:
1. Que politicas para o Ambiente?
2. Já estamos em 2009, o que é que já foi feito?
3. Como é possivel afirmarem que os esgotos não vão para a Baía, quando ainda vemos o contrário?

Fonte http://www.cm-seixal.pt/NR/rdonlyres/51291C0F-386B-4894-8D8D-A20C99581D80/2987/sbm_465.pdf

3 comentários:

Corroios - Terra Nacional disse...

A ausência de um plano ambiental por parte destes demagogos da CMS comunista, é mais que evidente e como já vimos em questões anteriores o caso do Sapal de Corroios é o estandarte dessa ignorância e incompetência que Alfredo Monteiro & Companhia lideram. Mesmo sobre pressão de organizações ambientais de relevo, os interesses económicos destes senhores falam mais alto, ao que chega a ganância...

Filipe Farinha disse...

Apesar do foco da intervenção ser a baía do Seixal, a solução encontrada (mesmo que temporária) de despejo dos resíduos no rio Coina não é muito melhor, continuando assim a contribuir para a poluição do rio Tejo. A melhor solução teria sido resolver tais problemas atempadamente,e, principalmente, não utilizando os mesmos como bandeira política.

J.S. Teixeira disse...

Vejam o artigo sobre a barraca do sindicato amarelo SINTAP na Câmara Municipal do Seixal no blogue O Flamingo.