quinta-feira, julho 23, 2009

JSD

O Conselho Nacional da Juventude Social Democrata (JSD) reuniu-se no dia 18 de Julho em Cascais para debater e aprovar a estratégia e prioridades políticas para o ciclo eleitoral que terá lugar em Setembro (legislativas) e Outubro (autárquicas). Os conselheiros nacionais aprovaram uma declaração que elenca um conjunto de princípios orientadores para uma Nova Narrativa Social a que chamámos “10 caminhos para uma NOVA Narrativa Social”.

A nossa geração aspira a um modelo de sociedade diferente, assente num novo quadro de valores. Os nossos pais e avós viveram num sistema societário assente na ética do sacrifício. Os nossos irmãos mais velhos viviam para o sucesso e para a competição egoísta. Os dois modelos fracassaram.

Ambos conduziram a uma sociedade que, ainda que com crescimento económico, se mostrou desequilibrada, injusta e económica e socialmente sub-óptima. O nosso objectivo essencial é o bem estar global, universal e inter-geracional, construído num regime de cooperação suportado simultaneamente em responsabilidade e autonomia.

A JSD defenderá, assim, nas próximas eleições legislativas uma sociedade que baseada na cooperação, na competência, na igualdade de oportunidades, na autonomia das pessoas em vez da subordinação ao paternalismo do Estado e grandes corporações, e na responsabilidade em vez do laxismo.

A JSD aprovou no Conselho Nacional o modelo de desenvolvimento social em que acredita para o futuro de Portugal.

Ao contrário da Juventude Socialista que apenas se preocupa em aprovar nomes de candidatos a Deputados e fazer com isso cavalo de batalha, a JSD preocupa-se em apresentar um modelo social alternativo para organização e crescimento económico e social do nosso país.

Assim, e com base nos referidos valores a JSD construirá em colaboração com os jovens portugueses, de forma aberta e participada, o seu programa eleitoral que incidirá sobre as seguintes áreas estratégicas:

Educação

Habitação

Emprego

Qualidade da Democracia



1. Educação.
2. Habitação.
3. Emprego.
4. Qualidade da Democracia.
5. Solidariedade inter-geracional.
6. Globalização do Jovem português.
7. Vida saudável e comportamentos de risco.
8. Cultura crítica e Democrática.
9. Coesão Territorial.
10. Triângulo Institucional: Estado, Mercado e o Pilar Social-Solidário.

• A JSD propõe-se a apresentar aos portugueses um programa eleitoral, que seja construído em colaboração com os jovens portugueses de forma aberta e transparente, e que afirme uma Nova Narrativa Social nas 10 áreas mencionadas.




O documento pode ser consultado na íntegra aqui:
http://www.jsd.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=1437&Itemid=124

javascript:void(0)



Este texto foi retirado de www.jsetubal.blogspot.com

Sem comentários: