quarta-feira, fevereiro 25, 2009

Comparticipação dos Passes Sociais

MOÇÃO
Considerando que:

No concelho do Seixal residem centenas de estudantes universitários.

Em virtude de não existir, actualmente, no Seixal uma universidade, os jovens são obrigados a deslocar-se para outras concelhos, como Almada, Setúbal ou Lisboa para prosseguirem os seus estudos.

Os tempos que vivemos são conturbados e as famílias passam por enormes dificuldades económicas.

Esses jovens estudantes têm de se deslocar para os seus estabelecimentos de ensino superior, tendo obrigatoriamente, de pagar elevados preços pelo transporte.



Aos 30 dias de Janeiro de 2009, a Assembleia Municipal do Seixal reunida em sessão extraordinária delibera:

- Que a Câmara Municipal do Seixal se comprometa a compartipar uma percentagem dos passes de estudantes universitários que residam no concelho do Seixal. Esta percentagem ser feita por escalões tendo em conta a situação económica do agregado familiar


Do Grupo Municipal do PSD
Nota: Esta Moção foi apresentada pela bancada do PSD na Assembleia Municipal, sob proposta da JSD. Foi chumbada pela CDU.

7 comentários:

Carla F. disse...

Concordo com, esta proposta!!
OS estudantes gastam imenso dinheiro com o dia-a-dia académico, é o gasto em livros e outros materiais escolares, em alimentação (uma vez que as respectivas faculdades não são em frente às suas residências), e em transportes. O custo de um passe para Lisboa procedente do Fogueteiro com autocarro e metro, por exemplo é de 65,05€. Parecendo que não este valor é muito elevado para os pais que suportam os seus estudos ou mesmo para os trabalhadores-estudantes!! Por isso, acho que esta é uma medida necessária!!

Marlene Pires disse...

Mais uma vez se prova que a CMS está de costas voltadas para os jovens.

Marlene Pires disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Ainda dizem as Câmaras da CDU que apoiam os mais necessitados, que são de esquerda, sociais e amigos do povo...

No entanto, não há nada mais fascista do que cultivar um municipio pobre, subdesenvolvido e que não premite aos jovens crescerem intelectualmente.

Bom trabalho JSD, é pena que mais uma vez uma boa proposta não tenha ido em frente

Carla F. disse...

Apesar de concordar que a contribuição da CMS para o pagamento dos passes dos universitários era uma boa iniciativa, também é verdade que a CMS comparticipa cada vez mais o passe dos estudantes das escolas do concelho.

Pensar o Seixal no Século XXI disse...

Sai fora de tema, mas não consegui deixar de comentar no blogue Pensar o Seixal no Século XXI, o artigo de opinião do Dr. Paulo Silva no último Jornal do Seixal sobre os candidatos da oposição.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Ponto Verde disse...

Para a CDU, a gestão da miséria e do descontentamento é fundamental para a sua sobrevivência .

Não é só neste ponto (completamente de acordo com a moção) que a CDU falha é no serviço preestado pelos transportes póblicos.

O Estado tem investido milhões mas numa rede de transportes que é completamente desgarrada, obrigando a apanhar diversos meios para ir do sítio A para o sítio B e que ainda por cima não tem entrosamento de horários e tarifas.

Mas para a CDU , quanto mais cansados, alienados e mais tempo perderem em deslocações, menos as possibilidades de contestação e mais manipuláveis são as populações.

Depois isto é um exemplo da mais baixa politica. A proposta é boa, mas como é apresentada pela oposição não colhe. Mas isto serve a todos os partidos e a todos os níveis... e é pena.

Não se podem desperdiçar boas ideias venham elas de onde vierem.