segunda-feira, novembro 26, 2007

Social Democracia

Achei por bem partilhar uma definição de Social Democracia após leitura de alguns documentos, aqui vos deixo as principais ideias...

A Social Democracia é uma ideologia que surgiu em fins do século XIX e início do século XX por partidários do marxismo que acreditavam que a transição para uma sociedade socialista poderia ocorrer sem revoluções, mas por meio de uma evolução democrática.

A ideologia social-democrata prega uma gradual reforma legislativa do sistema capitalista a fim de torná-lo mais igualitário, geralmente tendo em meta uma sociedade socialista.

A Internacional Socialista definiu a Social Democracia como forma ideal de democracia representativa, que pode solucionar os problemas encontrados numa democracia liberal, enfatizando os seguintes princípios para construir um estado de bem estar social:

-Primeiro, a liberdade inclui não somente as liberdades individuais, entendendo-se por "liberdade" também o direito a não ser discriminado e de não ser submisso aos proprietários dos meios de produção e detentores de poder político abusivo.

-Segundo, deve haver igualdade e justiça social, não somente perante a lei mas também em termos econômicos e sócio-culturais, o que permite oportunidades iguais para todos, incluindo aqueles que têm desigualdades físicas, sociais ou mentais.

-Finalmente, é mister que haja solidariedade e que seja desenvolvido um senso de compaixão para vítimas da injustiça e desigualdade.

Embora esta seja a base da ideologia Social Democrata esta tem vindo a evoluir conforme a própria evolução da sociedade.

10 comentários:

outro disse...

com esta forma de pensar ainda conseguem que os comunas que foram expulsos se inscrevam no PSD

marlene disse...

É sempre importante que a definição de Social-democracia seja dada a conhecer a todos, para que não se cometam gaffes. Até porque o saber não ocupa lugar ;)

o comuna que falta ser expulso disse...

devem querer que eu vos ensine o que é ser comunista..

Anónimo disse...

É verdade que o candidato à Distrital Bruno Vitorino é vereador a tempo inteiro, fazendo nesses termos parte de um executivo comunista??
Será engraçado o presidente da distrital do PSD ter de obedecer a um executivo comunista.

Anónimo disse...

Só agora estão a estudar a vossa ideologia?? Então pq serem social-democratas... simpatia?? Nem a ideologia sabiam?? Por acaso já repararam no vosso hino partidário?? Sabem-no??Acham que foi feito ao acaso??

dahhhhhh

Mauro Santos disse...

Ao 1º anónimo o que é que este post tem a ver com o que disse?

Ao 2º anónimo nem todas as pessoas que frequentam este blog são da JSD ou sociais democratas portanto é bom dar a conhecer às pessoas a génese da social democracia.
Já agora só para ficar com a ideia nós respeitamos a pluralidade de ideias e talvez isso faça com que cada militante tenha a sua própria definição de social democracia.

Anónimo disse...

"solidariedade social"
não é bem uma coisa de direita...
Acredito que tenham a melhor das intenções e até se revejam no que aqui escreveram... mas não tem nada a ver com um partido de centro direita.

Cumps
Ricardo

Anónimo disse...

Um partido molda-se a partir de uma ideologia o que não significa que se tenha de basear nos primórdios da sua ideologia mas sim adaptando-se às necessidades da sociedade actual, quando os partidos sociais democratas surgiram o contexto social era muito diferente do hoje vivido.
Embora o sr.anónimo se foque na solideriedade social o que hoje em dia ainda é uma base ideológica do PSD, solideriedade social não deve ser imposta por repressão mas tal como todas as ideologias isto é utópico, existe um esforço para que solideriedade exista e daí o exemplo da Segurança Social, embora esta não funcione como era previsto.

Todas as ideologias têm de ser actualizadas e adequadas às nossas necessidades. Daí muitas vezes dentro de alguns partidos como é o caso do PSD haver uma reflexão ideológica. Quanto ao ser um partido de centro direita ou centro ou direita isso não passa de uma questão estratégica muitas vezes, porque o PSD tem na sua génese uma ideologia de esquerda mas devido À existência de alguns partidos extremistas como o Bloco de Esquerda ou o Partido Comunista houve a necessidade de um reposicionamento no quadro partidário criando-se assim um partido de centro-direita-esquerdo.

Embora a social democracia seja de esquerda ou pseudo-esquerda ela não condena o mercado liberal e aliás apoia-se neste para solução de problemas dentro da economia.

Mauro Santos disse...

"Ao pobre não lhe dês o teu peixe, dá-lhe antes uma cana e ensina-o a pescar"

Este ditado popular elucida bem um principio social democrata em que são criadas condições para todos no ideal mas só aqueles que se esforçam têm beneficios.

Anónimo disse...

QUE GRANDE CONFUSÃO MORA DENTRO DESSAS CABECINHAS.
"RESPEITANDO A PLURALIDADE DE IDEIAS, CADA MILITANTE PODE TER A SUA PRÓPRIA DEFINIÇÃO DE SOCIAL DEMOCRACIA".
É POR TIRADAS DESTAS É QUE O PARTIDO ESTÁ COMO ESTÁ.
GOSTA-SE DO LARANJA E PRONTOS. A IDEOLOGIA PODE IR PARA A ESQUERDA, PARA A DIREITA, PARA CIMA OU PARA BAIXO, PORQUE O IMPORTANTE É A PLURALIDADE DE IDEIAS.
SANTA INGENUIDADE.