quinta-feira, novembro 05, 2009

XVII Festa da Gastronomia do Seixal

“De 15 de Outubro a 30 de Novembro, os restaurantes do Seixal vão competir entre si para criar a melhor entrada, o melhor prato principal, a melhor sobremesa, o melhor prato tradicional, o melhor serviço e, como não podia deixar de ser, o melhor restaurante. Quem fica a ganhar são os visitantes que deixem os seus palatos navegar pelos estabelecimentos aderentes à XVII Festa da Gastronomia do Seixal.

São cerca de vinte restaurantes, cerca de vinte ementas diferentes a degustar. O júri é composto por chefs e entendidos como Celeste Cavaleiro e Irene Gonçalves, um representante da Associação de Comércio e Serviços do Distrito de Setúbal e outro da Câmara Municipal do Seixal. Mas os munícipes também têm uma palavra a dizer. São eles que atribuem o Prémio Munícipe.

A iniciativa oferece ainda workshops de culinária: Cozinha com Paladares no Masculino, para futuros donos de casa, e Mini-Chefs, para crianças.

Consulte a listagem dos restaurantes participantes, bem como as receitas que cada um apresenta a concurso, no site da Câmara Municipal do Seixal.”

Uma iniciativa interessante embora com uma divulgação medíocre, espero que seja capaz de atrair alguns curiosos ao Seixal


3 comentários:

António Cardoso disse...

Sábado, dia 07 de Novembro, pelas 09h00, Marcha Cívica da População do Pinhal do General.

Sem cariz político, religioso, ideológico, Vamos Alertar para a situação desta pequena localidade limite do Concelho e talvez por isso tão esquecida. O percurso passará por alguns dos Pontos Negros do Pinhal do General e termina no Mercado de Fernão Ferro.

Participa!

D + pelo Pinhal do General!

www.viverpinhaldogeneral.blogspot.com

Manuel Inácio disse...

Agora está visto o CARLOEREIRA Presidente em exercício da Junta de Freguesia de Fernão Ferro tem o complexo da inferioridade.
Tal como o António Vara também ele é proveniente de uma aldeia, nasceu pobre, veio para Lisboa com uma mão à frente e outra atrás e hoje está rico.
Em tudo a imagem de um Vara com uma pequena nuance.
Como não se juntou ao PS (lembrem-se que nem comunista é - autodefine-se como independente) não teve acesso à extinta Universidade Independente.
Consequência, não se licenciou, logo não pode ser tratado por Dr., assim pensa que é inferior.
Carlos Pereira ainda vai a tempo de queimar as pestana, haja vontade (não é assim tão fácil como "orientar" uma Freguesia) o que duvido que tenha, pois acarreta para alem de massa cinzenta um investimento em livros ao contrário de sua excelência que só conhece a palavra desinvestimento.
Menciono mais um pequeno repro, para um sujeito que até hoje, em público sempre fez questão em dizer que não lê nem atribui credibilidade aos blogues é com alguma estranheza que leio o seu comentário no blogue dos laranjas.
Vamos ao facto, saber escreve e não ser doutor, caro Carlos Pereira isso não é para todos e penso que o senhor não se inclui nessa lista restrita.
Mais, quem sabe escrever também sabe falar e esse dom não faz parte da sua circulação sanguínea.
Conclusão é muito fácil apoderar-se e defender a dama dos outros. Na escola eu chamava a esses colegas os cábulas, sub espécie que lhe enquadra muito bem.
Senhor Carlos Pereira o que aconteceu ao seu tino? Eclipsou-se o degenerou nalguma doença paliativa?

António Cardoso disse...

Bom Dia,

Ninguém Pára(ou) a Marcha Cívica da População do Pinhal do General!

D + Pelo Pinhal do General!

Um Bem-haja.

www.viverpinhaldogeneral.blogspot.com