domingo, dezembro 28, 2008

Violência

Infelizmente já começa a ser hábito:
"Gang espanca vítimas
Quando estavam a atravessar a cozinha em direcção ao escritório, um dos assaltantes escorregou e caiu. O distribuidor, que não se tinha apercebido do assalto, quando os viu entrar brincou com eles, mas o mais alto deu-lhe um soco que o deixou atordoado. Depois começaram a bater na gerente com o bastão." O relato é de um funcionário da Telepizza da Quinta do Conde, Sesimbra, um dos dois estabelecimentos assaltados ao início da madrugada de ontem por um grupo de três homens equipados com armas de fogo, facas e um bastão.
De acordo com o funcionário da Telepizza da rua Piteira Santos, na Quinta do Conde, "faltavam poucos minutos para a meia-noite quando os três assaltantes entraram pela porta de serviço. O restaurante já tinha fechado e eu estava a lavar o chão. Quando olhei tinha uma pistola apontada à cabeça e um deles a exigir o dinheiro. Depois entraram para o escritório onde a gerente e um dos distribuidores de pizas estavam a fazer as contas do dia", relata o empregado. Foi aí que as agressões começaram. Só pararam quando as duas vítimas estavam prostradas no chão. Os colegas, ameaçados com uma caçadeira, nada puderam fazer.
Com o dinheiro (cujo valor não foi revelado) na mão, o trio fugiu num Ford Fiesta cinzento que tinha ficado parado na rua atrás. Daí rumaram a Paio Pires, para o próximo alvo da noite, o café Ponto Verde, no Largo 1º de Maio, em Paio Pires, Seixal.
O estabelecimento também "já tinha a porta encostada", conta Elvira Silva, de 69 anos. Lá dentro estava o filho – que toma conta do café durante o período nocturno e também foi agredido na cara –, dois empregados e um cliente. De armas em punho, o trio exigiu a caixa registadora. Roubaram ainda um telemóvel e tentaram levar "uma máquina de jogos cheia de moedas". Deixaram-na cair à saída e abandonaram-na. Antes de fugirem ainda partiram uma vitrina e o vidro da porta com uma cadeira."

in Correio da Manhã

2 comentários:

Nuno Gonçalo Poças disse...

Numa das pracetas junto à Escola Básica Pedro Eanes Lobato na Amora foram, na tarde deste domingo, incendiados dois carros. Em plena luz do dia...

Para quem quiser testemunhar, os carros queimados ainda lá estão. E as marcas do fogo estão bem visíveis num dos prédios.

Daniel Geraldes disse...

O Seixal esta prestes a tornar-se a Atenas de Portugal!!! Com tanta incompetência, mau urbanismo, pessimas condições sociais oferecidas pelo Concelho, o Seixal é um barril de polvora prestes a rebentar!!! Obrigado CDU.