terça-feira, setembro 11, 2007

Vergonha 2!





Tal como havíamos prometido no post anterior, a JSD Seixal disponibiliza hoje mais algumas fotografias - que também a nós nos envergonha, mas que é preciso denunciar - de descargas directas para a Baia do Seixal de águas residuais não tratadas. Embora não com a dimensão do que acontece no Seixal, também na Amora existem condutas que lançam directamente para a Baia. Em plena zona histórica desta cidade, é esta a imagem com que nos deparamos.

9 comentários:

Anónimo disse...

Não é vergonha, é governação comunista!
Mais 30 anos disto?
Não Obrigado!
Gonçalo de Albuquerque

Anónimo disse...

Os jotinhas andam fartos de trabalhar... vejam lá não trabalhem de mais que vos faz mal!

Anónimo disse...

Para o comentário que precede deste - Mal a JSD não faz, aos outros pelo visto faz, para escreverem a dizer que a JSD trabalha de mais, é porque estão preocupados que esta continue a expor o que está mal neste concelho.
Continuem assim Jsd, dá prazer ver jovens como voçes a trabalhar, ao invês de se porem na droga como fazem certas "jotas" voçes sabem, aquelas em que se é jota até aos 60 anos.
Parabéns à JSD do Seixal

Anónimo disse...

Só é de lamentar que a nossa tecnologia não esteja ainda tão avançada ao ponto das imagens trasparecerem o Cheiro desagradável que se faz sentir aquando das descargas.

Mas respondendo agora ao anónimo de 11 de setembro das 2:17... Nós a JSD "jotinhas" como o carissimo diz Não nos fartamos de trabalhar, sabe é que, denunciar aquilo que está mal não é crime.
FORÇA JSD SEIXAL

Maria Mendes

antonimo disse...

bonito outdoor o q meteram na rotunda...
vamos ver se conseguem passar o fim de semana sem serem pintarolados.......

Anónimo disse...

PINTAROLADO É Q ELE FICAVA BEM!

Marlene disse...

Este tipo de comentários é tão deprimente quanto vergonhoso! Isto entristece-me por ser tão anti-democrático, e só prova que contra aqueles factos (e porque as fotografias não mentem) não há argumentos!

BaGGio disse...

O comentário que fiz no post anterior também se poderia aplicar aqui. Logicamente o poder no Seixal não se revê numa política ambiental, mas teria uma lógica económica/política etc... reabilitar esta zona nem que fosse pela questão da imagem que o Seixal passa tanto para os moradores como para os visitantes! Esta degradação do património natural do concelho está a desvalorizar as habitações, os terrenos, etc! Ninguém valoriza o valor de uma casa por ter uma vista para uma lixeira, ou para uma baía que mais parece o lago perto da central nuclear dos simpsons! É muito menos pelo cheiro nauseabundo. Se não estão preocupados com o mal que a poluição faz ao nosso ecosistema, temos adoptar um discurso alternativo! Não vos preocupa o facto de se estar a infectar os lençois freáticos numa altura em que se fala GLOBALMENTE da escassez de água?!!? Mas quando se fala de dinheiro esta gente já ouve... Então meus caros, pelo menos protejam o vosso dinheiro! Que nós ficaremos contentes porque ao mesmo tempo não destroem o NOSSO património natural e a nossa saúde.

A JSD Seixal não se cansará... e continuará a trabalhar e a gritar as injustiças do concelho!

Velas do Tejo disse...

As causas politicas devem ser não só denúncias mas sim frentes activas de trabalho. Por vezes, os políticos - principalmente os da oposição - denunciam situação mas não passa disso mesmo. O que faz com que quem sente o problema pela frente se sinta progressivamente abandonado pelo interesse mediático deste ou daquela pessoa, partido ou associação…

Sigo o vosso trabalho de perto há bastante tempo, também eu, em tempos, fiz parte de uma Juventude Partidária. Acho interessante o vosso trabalho, contudo tocaram num assunto sensível para mim em particular, e para co Concelho em geral… isto, porque para além de um marco de identidade, a Baía, é dos poucos potenciais que ainda nos resta.

Em matéria de baía, turismo náutico, desporto náutico, náutica de recreio, etc. Todos os partidos políticos têm tido um comportamento irresponsável quer nas juntas, câmaras ou poder central. Somos um país de costas voltadas para o mar e isso vai-nos trazer, a curto prazo, uma factura cara para pagar. Vou continuar a acompanhar o interesse da JSD nesta temática que espero não ser para abandonar por uma outra qualquer mais mediática. Vou querer saber até onde vai a vossa vontade em trazer uma baía melhor… eu por cá cumpro a minha parte…

Estarei atento!