quinta-feira, dezembro 21, 2006

Comunicado de Imprensa.





A JSD-Seixal no passado dia 13 de Dezembro apresentou junto do Ministério Público do Seixal uma queixa-crime contra incerto em virtude dos recentes ataques às estruturas de propaganda politica.

Na sequência desta queixa-crime, a JSD-Seixal lançou uma nova campanha com a frase “Podem vandalizar, mas nunca CALAR”, tendo em vista deixar claro que não abdica da proclamação da sua forma de ver a sociedade e a politica no nosso concelho, querendo afirmar peremptoriamente a marca ideológica que está na sua génese.

A JSD-Seixal, espera que a JUSTIÇA se faça, e que os criminosos que têm atentado contra a saúde da democracia sejam apanhados e julgados pelos seus actos.

A JSD-Seixal, volta a reafirmar que repudia veementemente todos os actos de barbaras agressões contra o seu património e que a diferença de opinião e a liberdade de expressão são valores dos quais nunca abdicará por muitas que sejam as pressões.

Pela Comissão Politica de Secção da JSD Seixal

(Miguel Pina Martins)

18 comentários:

Pina Martins disse...

É dificl fazer polítca no Seixal.

Mas a JSD não se vai calar, nunca.

Quanto mais nos vandalizam, mais força nos dão.

Marlene Aires Pires disse...

O que salta à vista quando vemos faixas roubadas, outdoors e muppies destruídos é a falta de democracia que se faz sentir no nosso conselho, quiçá no nosso distrito! Essa falta de democracia é muito comum em países cujos partidos politicos são, curiosamente, comunistas! São apenas coincidencias, claro! De qualquer modo a Jsd Seixal veio para ficar e vai continuar a trabalhar independentemente dos actos anti-democráticos dos vândalos e da demagogia da CM Seixal! Marlene

Sweet Patrice disse...

Essa falta de democracia é muito comum em países cujos partidos politicos são, curiosamente, comunistas! São apenas coincidencias, claro!

Detesto ironia/sarcasmo! Apesar de não concordar com a vandalização e defender a liberdade de expressão ideológica de cada partido para que a sociedade usufrua plenamente da democracia, penso que a vossa postura também não é a mais correcta, porque fazem deliberadas acusações sem qualquer reserva, sem certezas.

Mesmo assim, boa sorte!

Meistre disse...

Liberdade de expressão...coisa tal que foi obtida por toda uma nação em tempos de ditadura é agora posta em causa...que seja feita justiça, que sejam culpados os vândalos, mas que a JSD nunca se calará, com isso podem contar...

Anónimo disse...

25 de Abril de 1974 IGUAL a democracia;
Concelho do Seixal desde 1974 IGUAL a comunistas;
Comunistas IGUAL a vândalos;

São estes os vândalos que cada vez mais nos dão forças para lutar-mos e nao nos calar-mos.

É POR TI!

Pedro Sousa disse...

É vergonhoso aquilo a que temos assistido no Concelho do Seixal...Na impossibilidade de nos silenciarem, optam pela vandalização de outdoors e muppies, pois assim podem fazê-lo anonimamente!Como se náo não percebessemos quem e porque o fazem. O nosso trabalho começa a incomodar aqueles que até então se julgavam donos e senhores deste Concelho;
A nossa dedicação, o nosso empenho, a nossa força e a mudança são realidades que começam a perturbar...
Porque queremos mudança, progresso, transparência...vamos continuar a nossa política, a qual continuará decerto a provocar reacções negativas de quem nos teme.

João Prelhaz disse...

De facto é lamentável ao que estamos a assistir (vandalização dos outdoors da JSD)no nosso concelho, pois trata-se de um sério atentado à liberdade de expressão, que actualmente só se verifica em países onde ainda prevalece uma ditadura, o que por coincidência são países onde o comunismo é politica nacional e o grau de riqueza e desenvolvimento nacional é muito baixo.
Assim questiono: será que o nosso concelho se está a tornar uma ditadura onde não existe liberdade de expressão e todos temos de aceitar, quer queiramos ou não, as politicas praticadas??
Cabe a nós, JSD, não permitir isto, por muito ardua que a tarefa seja.

nunocavaco disse...

Comento aqui, como comento em qualquer outro blogue. Sou militante do partido comunista e não acredito que esta tenha sido uma acção combinada por camaradas meus.

Penso que se deve punir quem comete estes actos, que atentam claramente contra a liberdade de expressão mas que as insinuações e acusações índevidas também devem ser punidas.

Por isso, espero que a queixa tenha seguimento, que se julguem os autores, sejam eles do partido comunista ou do partido social democrata

Filipe de Arede Nunes disse...

Carissimo Nuno Cavaco. Acha então que é mesmo venire contra factum proprio???? Tenha juizo, ou pelo menos tenha vergonha!!!!

Filipe de Arede Nunes

nunocavaco disse...

Sr. Filipe Nunes já começo a ficar um tanto ou quanto intrigado sobre o que você entende da coisa. Mesmo sem provas já tem um culpado. E até já o escolheu. Esse tipo de justiça não está prevista em democracia.

Quanto ao eu ter vergonha ou juízo, antencedido de um caríssimo,faz-me lembrar uma pequena estória:

Um homem mal educado e grosseiro, mas bem falante, chegava a um café e cumprimentava todas as pessoas com um grande Vossas Excelências estão boas. Depois no desenrolar da conversa e no meio de muitas opiniões fazia questão de chamar uns nomes, com estúpido e ignorante a quem dele discordava. Eu, um dia perguntei-lhe porquê e ele respondeu-me porque efectivamente o eram, ao que lhe respondi que sim com todo o gosto. Um dia, cheguei eu atrasado e cumprimentei o Sr. com um Boa Noite. Tratei de puxar um assunto em que discordavamos certamente e fiz questão de lhe chamar ignorante. Ele, muito irritado disse-me logo, está-me a ofender e eu respondi-lhe e você a mim, sempre que conversamos.

Portanto agradecia que não se comportasse como este meu amigo, só para podermos discutir democraticamente.

Filipe de Arede Nunes disse...

Oh Sr. Nuno Cavaco. Por ventura terei acusado alguém do que se passou? Ou a JSD-Seixal, terá acusado alguém na sua queixa-crime? Não. A queixa é contra incertos, como não poderia deixar de ser, uma vez que não sabemos quem as fez. A JSD-Seixal e os seus militantes apenas se limitam a relatar factos que consideram relevantes para o apuramento da verdade.
Compreendo que não saiba o que significa o brocardo latino "venire contra factum proprio"... Não é grave, nem sequer é algo que o "homem médio" deva saber. Quando alguém pratica um acto e o usa negativamente contra si próprio dá aso a esta expressão. Se afirma: "Por isso, espero que a queixa tenha seguimento, que se julguem os autores, sejam eles do partido comunista ou do partido social democrata", quer com isto dizer que coloca a hipotese de serem pessoas do PSD a destruir o seu próprio património. Daí que peça para ter juízo, ou pelo menos vergonha.
Quanto à discussão democrática, sempre a tive e sou o primeiro a aceitar a decisão popular quando afirmo sem pudor que o PCP tem toda a legitimidade do mundo para fazer aquilo que bem entender, dentro dos limites da legalidade, na condução dos destinos deste concelho e de outros onde o povo tenha escolhido este partido para o fazer, como terão os outros partidos em situações analogas. E pergunto: existirá maior democracia que esta que preconizo?

Saudações democráticas,

Filipe de Arede Nunes

Joao prelhaz disse...

Caro Nuno Cavaco

Mais uma vez lamento que estes actos de vandalismo aconteçam só nos outdoors da JSD, com os do PCP apenas a uns metros de distância. De facto nós, JSD, não acusamos ninguem, apenas queremos que as pessoas que comentem este actos, seja contra que partido for, sejam punidas, pois isto trata-se de um atentado à liberdade de expressão, um direito dos cidadãos.
Mas, conforme acima descrevi, gostava de perguntar a sua opinião se não acha estranho o facto de no nosso concelho, do Seixal, apenas os outdoors da JSD são vandalizados e os do PCP que se encontram apenas a uns metros de distância, não sofram qualquer dano, sendo este um concelho liderado pelo PCP?? Em lisboa, por exemplo, concelho liderado pelo PSD, os outdoors do PCP não sofreram qualquer acto de vandalismo....

Espigalfacinha disse...

É de lamentar que em pleno séc. XXI ainda haja quem tenha este tipo de atitudes, a de vandalizar o que os outros se empenham em fazer...
Mas é também de salientar que esta JSD tem mostrado valor ao não baixar os braços e continuar em frente...
Diga-se que respeito por nós é coisa que se vê pouco neste concelho, pois nós não andamos por aí a vandalizar nem os muppies nem os outdoors de outras juventudes ou frentes politicas, é pena que façam isso connosco...Pois não merecemos tais atitudes.
Força JSD SEIXAL, porque NÃO nos vão Calar.

Anónimo disse...

Concordo com o que diz o caro Joao Prelhaz, apenas os outdoors e os muppies da JSD são vandalizados, os do PCP que se encontram a alguns metros de distancia não...
E tal como o caro Joao diz...não estamos a acusar ninguém estamos simplesmente a constatar a realidade e o que vemos quando passamos nas ruas... Repito não estamos a dizer que foi o partido A,B ou C...
Simplesmente gostariamos que demonstrassem um pouco mais de respeito por nós...


saudações sociais democratas!

nunocavaco disse...

Caro João o que eu acho é que os vossos cartazes foram atingidos de propósito e com estratégia. Não sei quem o fez e acho que têm toda a legitimidade para querer que se faça justiça, agora, também me parece que alguns membros da JSD não estão a ter a postura mais correcta para com o PCP. Porquê o PCP? Só porque governa a autarquia?

Quanto ao Sr. Filipe de Arede Nunes, já vi que se considera acima da média, ainda bem. Agora eu sempre aprendi que nós não nos devemos considerar especiais, mas se calhar um dia isso passa e constata que apenas é mais um, tem é de perceber de que tipo.

Cumprimentos

Anónimo disse...

a verdade virá ao decimo!!

Seixalense disse...

Força JSD, o Seixal esta convosco!

Nuno Carvalho disse...

O esforço da JSD Seixal em fazer política no conselho como o nosso, é de salientar.

É dificil, mas parece que ainda mais dificil será parar estes Srs.

Força