terça-feira, janeiro 12, 2010

Resumos

"É uma década que não deixa saudades. Nenhum facto verdadeiramente grandioso a marcou. Aqui e ali, e como era inevitável, a ciência avançou - sobretudo no domínio da medicina e das comunicações. Mas o mundo não ficou mais seguro, mais viável ou mais justo. A vida moderna não ficou mais agradável, os princípios éticos dominantes são os impostos por uma maioria imbecilizada, que não lê, não se informa e não reflecte - apenas troca opiniões sem fim e sem responsabilidade alguma na profusão de blogues, redes sociais e revistas de mexericos onde se imaginam a vanguarda de qualquer coisa importantíssima. Se alguma coisa caracteriza o nosso tempo é a legitimação da mediocridade. Esta foi uma década de avanço da mediocridade. Mas talvez a próxima seja uma época de exigência: se não por escolha, talvez por necessidade."
MST, in Expresso


3 comentários:

J.S. Teixeira disse...

PS Seixal demonstra mais uma vez o seu carácter hipócrita ao lançar acusações graves a António Xavier de Lima, 1 ano após a sua morte. Veja porque no blogue O Flamingo.

Tenho dito.

Marlene Pires disse...

O que diremos do carácter hipócrita do J.S. Teixeira em não me aceitar um comentário mas responder-me ao mesmo? Vergonha? É o tipico lápiz azul comuna!

Carmo disse...

Não te preocupes Marlene, já devias saber que de quem se esconde por detrás de máscaras e pseudo-nomes, pago com dinheiro dos contribuintes para fazer campanha suja e abjecta contra os membros da oposição não se podia esperar outra coisa.
Mas aquilo que ele diz só desmascara o tipo de gentalha que é.